Bernal de Bonaval


Filha fremosa, vedes que vos digo:
que nom faledes ao voss'amigo
       sem mi, ai filha fremosa.
  
E se vós, filha, meu amor queredes,
5rogo-vos eu que nunca lhi faledes
       sem mi, ai filha fremosa.
  
 E ali de que vos nom guardades:
perdedes i de quanto lhi falades
       sem mi, ai filha fremosa.



 ----- Aumentar letra ----- Diminuir letra

Nota geral:

À mãe pede à filha para não falar com o seu amigo a não ser na sua presença. Ela não se sabe acautelar e a sua reputação pode estar em perigo.



Nota geral


Descrição

Cantiga de Amigo
Refrão
Cobras singulares
(Saber mais)


Fontes manuscritas

B 1141bis, V 733

Cancioneiro da Biblioteca Nacional - B 1141bis

Cancioneiro da Vaticana - V 733


Versões musicais

Originais

Desconhecidas

Contrafactum

Desconhecidas

Composição/Recriação moderna

Desconhecidas