Fernão Pais de Tamalhancos - Todas as cantigas

Ver com anotações <


Cancioneiros:

B 74
(C 74)

Descrição:

Cantiga de Género incerto

Mestria

Rubrica:

Outrossi fez estas cantigas a ũa abadessa, sa coirmã, em que entendia; e passou per aquel moesteiro um cavaleiro e levava ũa cinta e deu-lha, porque era pera ela, e por en trobou-lhi estes cantares.

Com vossa graça, mia senhor
fremosa, ca me quer'eu ir
e venho-me vos espedir
porque mi fostes traedor;
5ca, havendo-mi vós desamor,
[e]u vos amei, sempr'a servir,
des que vos vi, e des entom
m'houvestes mal no coraçom.
  
Pero de vós é a mim peor
10porque vos vej'assi falir:
que eu bem poderei guarir
oimais sem vós, ca mui melhor
dona ca vós hei por senhor
e que nom sabe assi mentir;
15que fará adur tal traiçom
sobre seu home, sem razom.
  
E veeredes qual amor
vos eu fazia, pois partir
me vim de vós; e descobrir-
20-vos-ei d'um voss'entendedor
vilão, de que vós sabor
havedes, e a que[m] pedir
foste'la cinta; por en nom
vos amarei nulha sazom.


Ver com anotações <


Cancioneiros:

B 75=1336, V 943

Descrição:

Cantiga de Género incerto

Mestria

Nom sei dona que podesse
valê'la que eu amei,
nem que eu tanto quisesse
por senhor, das que eu sei,
5se a cinta nom presesse,
de que mi lh'eu despaguei:
e por esto a cambiei.
  
Pero mi ora dar quisesse
quant'eu dela desejei
10e mi aquel amor fezesse
por que a sempr'aguardei,
cuido que lho nom quisesse,
tam muito me despaguei
dela, poila cinta achei.
  
15Nem ar sei prol que m'houvesse
seu bem; e al vos direi:
se a per atal tevesse
quando m'a ela tornei,
juro que o nom fezesse,
20ca tenho que baratei
bem, pois me dela quitei.
  
Ca muito per i mais hei
com melhor senhor, e sei
de mi que a servirei.


Ver com anotações <


Cancioneiros:

B 76

Descrição:

Cantiga de Amor

Refrão

Vedes, senhor, u m'eu parti
de vós, e vos depoi[s] nom vi,
       ali tenh'eu o coraçom
       – em vós, senhor, e [em] al nom.
  
5U vos eu vi fremosa estar,
e m'houvi de vós a quitar,
       ali tenh'eu o coraçom
       – em vós, senhor, e [em] al nom.
  
U vos eu vi fremosa ir,
10e m'houvi de vós a partir,
       ali tenh'eu o coraçom
       – em vós, senhor, e [em] al nom.


Ver com anotações <


Cancioneiros:

B 77

Descrição:

Cantiga de Amor

Refrão

Vedes, senhor, pero me mal fazedes
mentr'eu viver, já vós sempre seredes,
       senhor fremosa, de mi poderosa.
  
Pero me mal fazedes cada dia,
5mentr'eu viver, seredes todavia,
       senhor fremosa, de mi poderosa.
  
Per como quer que vós de mi façades,
mentr'eu viver, vos quer'eu que sejades,
       senhor fremosa, de mi poderosa.


Ver com anotações <


Cancioneiros:

B 78

Descrição:

Cantiga de Escárnio e Maldizer

Refrão

Gram mal me faz agora 'l-rei
que sempre servi e amei
porque me parte [d]'u eu hei
prazer e sabor de guarir.
5       Se m'eu da Marinha partir
       nom poderei alhur guarir.
  
Muit'é contra mi pecador
el-rei, forte [e] sem amor,
porque me quita do sabor
10e grande [prazer] de guarir.
       Se m'eu da Marinha partir
       nom poderei alhur guarir.


Ver com anotações <


Cancioneiros:

B 1334, V 941
(C 1334)

Descrição:

Cantiga de Escárnio e maldizer

Refrão

Rubrica:

Dom Fernam Paez de Talamancos fez este cantar de maldizer a um jograr que chamavam jograr Saco, e era mui mal feito; e por en trobou-lhi que mais guisad'era de seer saco ca jograr.

Jograr Saco, nom tenh'eu que fez razom
quem vos pôs nome jograr e vos deu dom;
mais guisado fora sac'e jograr nom.
       Assi Deus m'ampar,
5       vosso nome vos dirá quem vos chamar
       saco e nom jograr.
  
Rodrig'Airas vo-lo diss'e fez mal sem,
pois que vós nom citolades nulha rem;
or'havede nome Sac', e será bem.
10       Assi Deus m'ampar,
       vosso nome vos dirá quem vos chamar
       saco e nom jograr.
  
Quem vos saco chamar, prazará a nós;
e dirá-vo-lo bem lheu quem vos, em cós,
15vir tirá'los nadigões após vós.
       Assi Deus m'ampar,
       vosso nome vos dirá quem vos chamar
       saco e nom jograr.
  
Quem a vós chamou jograr a pram mentiu,
20ca vej'eu que citolar nom vos oíu,
nen'os vossos nadigões nõn'os viu.
       Assi Deus m'ampar,
       vosso nome vos dirá quem vos chamar
       saco e nom jograr.


Ver com anotações <


Cancioneiros:

B 1335, V 942

Descrição:

Cantiga de Escárnio e maldizer

Refrão

Jograr Sac', eu entendi,
quando ta medida vi,
que sem pam t'irás daqui,
       ca desmesura pedes;
5como veens, vai-t'assi
       pois tu per saco medes.
  
Gram medida é, de pram;
pero que dele muit'ham,
sa que [i] nom cho darám,
10       ca desmesura pedes;
u fores, recear-t'-am,
       pois tu per saco medes.


Ver com anotações <


Cancioneiros:

B 1337, V 944

Descrição:

Cantiga de Escárnio e maldizer

Refrão

Quand'eu passei per Dormãa
preguntei por mia coirmãa,
a salva e [a] paçãa.
       Disserom: - Nom é aqui essa,
5       alhur buscade vós essa;
       mais é aqui a abadessa.
  
Preguntei: - Por caridade,
u é daqui salvidade
que sempr'amou castidade?
10       Disserom: - Nom é aqui essa,
       alhur buscade vós essa;
       mais é aqui a abadessa.