Paio Soares de Taveirós ou Pero da Ponte


Meus olhos, gram coita d'amor
me dades vós, que sempr'assi
chorades; mais já des aqui,
meus olhos, por Nostro Senhor,
5nom choredes, que vejades
a dona por que chorades.
  
[...]



 ----- Aumentar letra

Nota geral:

Fragmento de uma cantiga perdida, no qual o trovador se dirige aos seus chorosos olhos, pedindo-lhes para deixarem de chorar, a fim de olharem enfim a sua senhora.
As dúvidas sobre a autoria desta estrofe são discutidas na nota de autoria (N).



Nota geral


Descrição

Cantiga de Amor
Fragmento
(Saber mais)


Fontes manuscritas

A 39

Cancioneiro da Ajuda - A 39


Versões musicais

Originais

Desconhecidas

Contrafactum

Desconhecidas

Composição/Recriação moderna

Desconhecidas