[Eu louçana em quanto eu viva for]

Tomás Borba, Compositor

Composição/Recriação moderna
Década de 20/30 do século XX

Read musical score Read musical score

Musicians involved

Compositor Tomás Borba
Harpa/piano
Canto


No audio available


A versão musical nunca foi gravada.

Original cantiga Eu, louçana, enquant'eu viva for

Eu, louçana, enquant'eu viva for,
nunca jamais creerei per amor,
       pois [que] mi mentiu o que namorei,
       nunca jamais per amor creerei,
       pois que mi mentiu o que namorei.
E, pois m'el foi a seu grado mentir,
des oimais me quer'eu d'amor partir,
       pois [que] mi mentiu o que namorei,
       nunca jamais per amor creerei,
       pois que mi mentiu o que namorei.
E direi-vos que lhi farei por en:
d'amor nom quero seu mal nem seu bem;
       pois [que] mi mentiu o que namorei,
       nunca jamais per amor creerei,
       pois que mi mentiu o que namorei.