Fois'o meu amigo

Manuel Pedro Ferreira, Editor, Transcrição da cantiga
Supramúsica, Intérprete (conjunto)

Contrafactum

Read musical score Read musical score

Musicians involved

Compositor: Afonso X
Editor: Manuel Pedro Ferreira
Canto (soprano): Fuensanta Escribà
Direcção musical: Telmo Campos
Intérprete (conjunto): Supramúsica
Transcrição da cantiga: Manuel Pedro Ferreira


Listen to song




Recording

Martin Codax - Cantigas de amigo
Supramúsica
(CD)      (Source7)
Year: 2003, Calvario de Onda (Castellón), Verso

Contrafactum proposto por Manuel Pedro Ferreira da Cantiga de Santa Maria 339, editado na sua obra O Som de Martin Codax (1986).

Original cantiga Foi-s'o meu amigo a cas d'el-rei

Foi-s'o meu amigo a cas d'el-rei
e, amigas, com grand'amor que lh'hei,
quand'el veer, já eu morta serei,
mais nom lhe digam que morri assi,
       ca, se souber com'eu por el morri,
       será mui pouca sa vida des i.
Per nulha rem nom me posso guardar
que nom moira ced'e com gram pesar,
e, amigas, quand'el aqui chegar,
nom sábia per vós qual mort'eu prendi,
       ca, se souber com'eu por el morri,
       será mui pouca sa vida des i.
Eu morrerei cedo, se Deus quiser,
e, amigas, quand'el aqui veer,
desmesura dirá quem lhi disser
qual mort'eu filhei des que o nom vi,
       ca, se souber com'eu por el morri,
       será mui pouca sa vida des i.
Já nom posso de morte guarecer,
mais, quando s'el tornar por me veer,
nom lhi digam como m'el fez morrer
ante tempo, porque se foi daqui,
       ca, se souber com'eu por el morri,
       será mui pouca sa vida des i.