People referred

People referred in the cantigas

João Fernandes



Description

Não é fácil identificar esta personagem, até por desconhecermos o seu apelido. Sendo certo que as cantigas datarão de 1241 e devem ter sido feitas em Castela, um dos candidatos poderia ser Juan Fernández Valdés, senhor de Beleña, que morreu na batalha de Martos (Jáen), em 12751. Um outro João Fernandes talvez possível seria João Fernandes de Lima, que foi marido da Ribeirinha, a conhecida barregã de D. Sancho I, após a morte do monarca, e que antes tinha sido casado, em primeiras núpcias, com Berenguela Afonso de Baião, tia do trovador D. Afonso Lopes Baião. Tendo desempenhado cargos importantes em Leão, mas também em Portugal, faleceu por volta de 12452. São sugestões avulsas, qualquer delas difícil de comprovar.


References

1 Salazar y Castro, Luis de (1694 - 1697), Historia genealogica de la casa de Lara, 4 vols., Madrid, p. 10.

2 Fernandes, Hermenegildo (2006), D. Sancho II, Lisboa, Círculo de Leitores, p. 128.

Cantigas referring this person



A mim dam preç', e nom é desguisado, Afonso Anes do Cotom
   (Line 3): Joam Fernandes, o mour', outrossi,

Joam Fernández, o mund'é torvado, João Soares Coelho
   (Line 1): Joam Fernández, o mund'é torvado

Joam Fernandéz, que mal vos talharom, Martim Soares
   (Line 1): Joam Fernandéz, que mal vos talharom

Joam Fernándiz quer [ir] guerreiar, Rui Gomes de Briteiros
   (Line 1): Joam Fernándiz quer [ir] guerreiar

Joam Fernándiz, aqui é chegado, Rui Gomes de Briteiros
   (Line 1): Joam Fernándiz, aqui é chegado

Joam Fernándiz, mentr'eu vosc'houver, João Soares Coelho
   (Line 1): Joam Fernándiz, mentr'eu vosc'houver

Joam Fernándiz, um mour'est aqui, Martim Soares
   (Line 1): Joam Fernándiz, um mour'est aqui