Luís Cília
Intérprete


Year of birth: 1943

Biographical note:

Luís Cília nasceu em Angola, no ano de 1943. Após regressar a Portugal, em 1959, conheceu o poeta Daniel Filipe, que o incentivou a musicar poesia. Datam desse ano as suas primeiras experiências neste campo ( “Meu país”, “O menino negro não entrou na roda”, etc.), mais tarde incluídas no seu primeiro disco, gravado em França, para a editora Chant du Monde. Em Abril de 1964, partiu para Paris, onde viveu até 1974. Foi durante este período que se afirmou como cantor de intervenção, ao denunciar a guerra colonial e a falta de liberdade em Portugal. Gravando ininterruptamente, teve uma atividade musical bastante ativa, tanto ao nível discográfico como no que concerne à realização de recitais, tendo-se profissionalizado em 1967.
Depois do seu regresso a Portugal, continuou a gravar discos, como compositor e intérprete, alguns dos quais inspirados exclusivamente na obra de poetas portugueses, tais como Eugénio de Andrade (“O Peso da Sombra”), Jorge de Sena (“Sinais de Sena”) ou David Mourão Ferreira (“Penumbra”).
Nos últimos anos, tem-se dedicado apenas à composição, nomeadamente para teatro, bailado e cinema.



Contributions to musical versions

Compositor in:

Cantiga de amor em forma de cantiga de vilão
Musical version of A donzela de Biscaia from Rui Pais de Ribela (Cantiga de Escárnio e maldizer)

Serventês
Musical version of O que foi passar a serra from Afonso XEscárnio e Maldizer

Intérprete in:

Cantiga de amor em forma de cantiga de vilão (Canto, Viola)
Musical version of A donzela de Biscaia from Rui Pais de Ribela (Cantiga de Escárnio e maldizer)

Serventês (Canto, Viola)
Musical version of O que foi passar a serra from Afonso XEscárnio e Maldizer