Airas Engeitado - All cantigas

View annotations <


Cancioneiros:

B 971, V 558

Description:

Cantiga de Amor

Refrão

A gram dereito lazerei,
que nunca home viu maior,
u me de mia senhor quitei
[..........................]
5       e que queria eu melhor
       de seer seu vassalo
       e ela mia senhor?
  
E [já] sempre por fol terrei
o que deseja bem maior
10daquele que eu receei
- a guisa fize de pastor;
       e que queria eu melhor
       de seer seu vassalo
       e ela mia senhor?
  
15E quantas outras donas sei
a sa beldad'est a maior,
daquela que desejar hei
[e]nos dias que vivo for:
       e que queria eu melhor
20       de seer seu vassalo
       e ela mia senhor?


View annotations <


Cancioneiros:

B 972, V 559
(C 972)

Description:

Cantiga de Género incerto

Mestria

A rem que mi a mi mais valer
devia contra mia senhor
essa mi faz a mi peior
serviç': é mui gram bem querer
5e mui grand'homildade;
nom me vos pod'al apoer,
que seja com verdade,
nem é d'al despagada.
  
Nunca lh'outro pesar busquei,
10senom que lhi quero gram bem,
e por est'em coita me tem,
tal que conselho nom me sei;
se lh'eu mal merecesse,
(o que lhi nom merecerei)
15u eu pouco valesse,
nom mi daria nada
  
- quando m'agora rem nom dá,
que lhi nom sei merecer mal!
O meu serviço nom mi val,
20cuid'eu nunca mi bem fará;
mais dig'a seu marido
que a nom guarde de mim já,
ca será i falido,
se mi a tever guardada.
  
25Torto fará, se mi a guardar,
ca nom vou eu u ela é;
e juro-vos, per bõa fé,
des que mi ela fez tornar,
nunca foi aquel dia
30que a eu visse, ca pesar
grande lhi creceria;
nem vi a sa malada
  
que com ela sol bem estar
e meu mal lhi diria,
35ca éste sa privada;
  
e se me quisess'ajudar,
Elvira bem faria
e de Deus foss'ajudada.


View annotations <


Cancioneiros:

B 973, V 560

Description:

Cantiga de Amor

Mestria

Tam grave dia vos eu vi,
senhor! Tam grave foi por mi
e por vós, que tam gram pesar
havedes de que vos am'eu!
5E pois a vós aquest'é greu,
greu vos seri', a meu cuidar,
d'amardes-mi muito, senhor,
[e] eu vós nom; mais nunca assi
será já, mentr'eu vivo for.
  
10E nom foi home atẽes aqui,
(cousa que eu bem entendi)
que me quiséssedes amar,
nem voss'amor nunca foi meu;
e poilo Deus a mim nom deu,
15nem vós, nom me pod'outrem dar;
nem houve nunca, senhor, bem,
nem sei que x'est, assi m'avém,
mais sei que en desejei m'al.
  
E perço meus dias assi,
20porque vos eu sempre servi
e sérvio muit'e nom mi val;
mentr'eu poder, [vos] servirei,
mais nunca vos rem pedirei.


View annotations <


Cancioneiros:

B 974, V 561

Description:

Cantiga de Amor

Mestria

Nunca tam gram coita sofri
com'ora, quando me quitei
de mia senhor e m'espedi
dela - nunca led'ar andei;
5mais atanto conort'end'hei:
sei bem ca lhi pesou de mi,
  
quando m'eu vim e m'espedi
dela; porque alá nom fiquei,
coita-m'ora por end'assi
10que sol conselho nom me sei
senom quanto vos eu direi:
morrer ou tornar u a vi
  
bem parecer, que nunca assi
outra dona vi, nem verrei;
15nem cobrarei o que perdi;
se a nom vir, nom viverei;
mais agora eu me matei,
porque d'u ela é seí
  
outra vez; quando me daqui
20fui e os seus olhos catei,
sol nẽum mal nom me senti
e fui logo led'e cantei;
e se a vir, logo guarrei,
ca já per aquesto guari.