Pero Mendes da Fonseca - All cantigas

View annotations <


Cancioneiros:

B 1122, V 714
(C 1122)

Description:

Cantiga de Amor

Mestria

Par Deus, senhor, quero-m'eu ir
e venho-mi vos espedir
e que haja que vos gracir,
creede-m'ora ũa rem:
5ca me quero de vós partir,
mais nom de vos querer gram bem.
  
Des aquel dia em que naci,
nunca tamanho pesar vi
com'hei de me partir daqui,
10onde, [senhor], vos fui veer;
e parto-m'end'agor'assi,
mais nom de vos gram bem querer.
  
Agora já me partirei
de vós, senhor, que sempr'amei;
15e creede-mi o que vos direi:
que nunca vi maior pesar
de me partir; e partir-m'-ei
de vós, mais nom de vos amar.


View annotations <


Cancioneiros:

B 1123, V 715

Description:

Cantiga de Amor

Refrão

Senhor fremosa, vou-mi alhur morar,
per boa fé, muit'a pesar de mi,
porque vos pesa d'e[u] viver aqui
- por en faç'eu dereit'em mi pesar;
5que grave coita, senhor, d'endurar:
       and'u vos vej'e nom posso guarir,
       de mais haver-me de vós a partir!
  
Vej'eu, senhor, que vos faç'i prazer,
mais faç'a mi mui gram pesar por en
10- viver sem vós, ai meu lum'e meu bem,
pero nom sei como possa seer;
que grave cousa, senhor, de sofrer:
       and'u vos vej'e nom posso guarir,
       de mais haver-me de vós a partir!
  
15Já [eu, senhor], mi vos espedirei,
atá que Deus vos met'em coraçom
que me queirades caber a razom,
pero sei bem que pouco viverei;
que grave cousa que de sofrer hei:
20       and'u vos vej'e nom posso guarir,
       de mais haver-me de vós a partir!


View annotations <


Cancioneiros:

B 1124, V 716

Description:

Cantiga de Amor

Refrão

Senhor, que forte coraçom
vos Deus sempre contra mi deu,
que tanto mal sofr'este meu
por vós, de pram, ca por al nom!
5Pois mias coitas prazer vos som,
       em grave dia vos eu vi,
       que vos nom doedes de mi!
  
Doo devíades haver
de mim, senhor, per bõa fé,
10pois quanto mal hei per vós é;
e veerdes-m'assi morrer!
Pois vos mias coitas som prazer,
       em grave dia vos eu vi,
       que vos nom doedes de mi!


View annotations <


Cancioneiros:

B 1125, V 717

Description:

Cantiga de Amor

Mestria

Sazom sei eu que nom ousei dizer
o mui gram bem que quer'a mia senhor,
ca me temia de seu desamor;
e ora já nom hei rem que temer,
5ca já m'ela maior mal nom fará
do que mi fez, per quanto poder há,
ca já i fezo todo seu poder,
  
per bõa fé, [e] naquela sazom
de dur diria quant'ora direi,
10ca nom ousava, mais já ousarei;
e des oimais, quer se queixe, quer nom
(e que se queixe!) nom mi pode dar
maior afã, nem já maior pesar,
nem maior coita no meu coraçom
  
15ca já mi deu, per que perdi o sem
e os meus olhos prazer e dormir,
- pero sempr'eu punhei de a servir,
come se fosse tod'este mal bem;
e servirei, enquant'eu vivo for,
20ca nom hei doutra rem tam gram sabor,
pero lhi praz de quanto mal mi vem.


View annotations <


Cancioneiros:

B 1126, V 718

Description:

Cantiga de Amor

Refrão

Senhor de mi e destes olhos meus,
gram coita sofro por vós e sofri,
e per Amor, que ajuda muit'i,
e nom mi val el i, nem vós; mais Deus,
5       se mi der mort', hei que Lhi gradecer,
       ca viv'em coita, pois hei a morrer.
  
Por esta coita perdi já o sem
e vós mesura contra mi, e sei
que per Amor é quanto mal eu hei
10por vós, senhor; mais Deus ora por en,
       se mi der mort', hei que Lhi gradecer,
       ca viv'em coita, pois hei a morrer.
  
Ca eu bem vejo de vós e d'Amor,
qual mais puder, que mais mal mi fará,
15e bem entendo mia fazenda já
como mi vai; por en Nostro Senhor,
       se mi der mort', hei que Lhi gradecer,
       ca viv'em coita, pois hei a morrer.


View annotations <


Cancioneiros:

B 1600, V 1132
(C 1600)

Description:

Cantiga de Escárnio e maldizer

Refrão

Chegou Paio de más artes
com seu cerame de Chartes;
e nom leeu el nas partes
que chegasse há um mês
5e do lũes ao martes
       foi comendador d'Ocrês.
  
[As]semelha-me busnardo,
vind'em seu ceramem pardo;
e, u nom houvesse reguardo
10em nẽum dos dez e três,
log'houve mant'e tabardo
       e foi comendador d'Ocrês.
  
E chegou per u ham grada,
descalço, gram madurgada:
15u se nom catavam nada
d'um hom[e] atam rafez,
cobrou manto com espada
       e foi comendador d'Ocrês.