Airas Engeitado


A rem que mi a mi mais valer
devia contra mia senhor
essa mi faz a mi peior
serviç': é mui gram bem querer
5e mui grand'homildade;
nom me vos pod'al apoer,
que seja com verdade,
nem é d'al despagada.
  
Nunca lh'outro pesar busquei,
10senom que lhi quero gram bem,
 e por est'em coita me tem,
tal que conselho nom me sei;
se lh'eu mal merecesse,
(o que lhi nom merecerei)
15u eu pouco valesse,
nom mi daria nada
  
- quando m'agora rem nom dá,
que lhi nom sei merecer mal!
O meu serviço nom mi val,
20cuid'eu nunca mi bem fará;
mais dig'a seu marido
que a nom guarde de mim já,
 ca será i falido,
se mi a tever guardada.
  
25Torto fará, se mi a guardar,
ca nom vou eu u ela é;
e juro-vos, per bõa fé,
 des que mi ela fez tornar,
nunca foi aquel dia
30que a eu visse, ca pesar
grande lhi creceria;
nem vi a sa malada
  
que com ela sol bem estar
e meu mal lhi diria,
 35ca éste sa privada;
  
e se me quisess'ajudar,
Elvira bem faria
e de Deus foss'ajudada.



 ----- Increase text size ----- Decrease text size

General note:

Esta curiosa cantiga de Airas Enjeitado, embora apresentando-se, à primeira vista, como uma cantiga de amor, move-se numa zona um pouco alheia às regras habituais do género. De facto, as referências muito concretas que nela são feitas ao marido e à criada da senhor transformam-na num produto híbrido, facto que não sabemos se é voluntário ou se é fruto da inabilidade ou ignorância do jogral face às regras trovadorescas.
O esquema métrico é igualmente muito original, com versos agudos de 8 sílabas e graves de 6. O verso final de cada estrofe, de 7 sílabas, é uma palavra perduda - não rima com nenhum outro da estrofe, mas rimam todos entre si. Encontramos um esquema semelhante numa cantiga de Gil Peres Conde, o que parece indicar que uma delas teria "seguido" a outra.



General note


Description

Género incerto
Mestria
Cobras singulares
Palavra perduda: v, 8 de cada estrofe
Finda (2)
(Learn more)


Manuscript sources

B 972, V 559
(C 972)

Cancioneiro da Biblioteca Nacional - B 972

Cancioneiro da Vaticana - V 559


Musical versions

Originals

Unknown

Contrafactum

Unknown

Modern Composition or Recreation

Unknown