Fernão Velho


Vedes, amigo, [o] que hoj'
dizer de vós, assi Deus mi perdom:
que amades já outra e mi nom;
mais, se verdad'é, vingar-m'-ei assi:
5       punharei já de vos nom querer bem;
        e pesar-mi-á en mais que outra rem.
  
Oí dizer: por me fazer pesar,
amades vós outra, meu traedor;
e, se verdad'é, par Nostro Senhor,
10direi-vos como me cuid'a vingar:
       punharei já de vos nom querer bem;
       e pesar-mi-á en mais que outra rem.
  
E, se eu esto por verdade sei
que mi dizem, meu amigo, par Deus,
15chorarei muito destes olhos meus,
e direi-vos como me vingarei:
       punharei já de vos nom querer bem;
       e pesar-mi-á en mais que outra rem.



 ----- Increase text size ----- Decrease text size

General note:

Tendo ouvido dizer que o seu amigo ama uma outra, a moça diz-lhe como se vingará: tentando deixar de lhe querer bem, por muito que isso lhe custe.



General note


Description

Cantiga de Amigo
Refrão
Cobras singulares
(Learn more)


Manuscript sources

B 819, V 403
(C 819)

Cancioneiro da Biblioteca Nacional - B 819

Cancioneiro da Vaticana - V 403


Musical versions

Originals

Unknown

Contrafactum

Unknown

Modern Composition or Recreation

Vedes Amigo Illuminate      versão audio disponível

Versões de QNTAL