Airas Carpancho


Por fazer romaria pug'em meu coraçom
a Santiag'[ir] um dia por fazer oraçom
       e por veer meu amigo log'i.
  
E se fezer [bom] tempo e mia madre nom for,
5querrei andar mui leda e parecer melhor
       e por veer meu amigo log'i.
  
Quer'eu ora mui cedo provar se poderei
ir queimar mias candeas, com gram coita que hei,
       e por veer meu amigo log'i.



 ----- Increase text size ----- Decrease text size

General note:

A moça dispõe-se a ir em romaria a Santiago, para orar, mas sobretudo para ver o seu amigo. A figura negativa da mãe aparece em filigrana: só se a mãe não for poderá ela pôr-se bonita e andar alegre (2ª estrofe), sendo que nem mesmo sabe se conseguirá ir e espairecer as suas mágoas (3ª estrofe).



General note


Description

Cantiga de Amigo
Refrão
Cobras singulares
(Learn more)


Manuscript sources

B 663, V 265

Cancioneiro da Biblioteca Nacional - B 663

Cancioneiro da Vaticana - V 265


Musical versions

Originals

Unknown

Contrafactum

Unknown

Modern Composition or Recreation

Unknown