Fernão Garcia Esgaravunha


Se vos eu amo mais que outra rem,
senhor fremosa que sempre servi,
rog'[eu] a Deus que tem em poder mi
e vós, senhor, que me dê vosso bem!
5       E se assi nom éste, mia senhor,
       nom me dê vosso bem nem voss'amor.
  
Se vos eu amo mais doutra molher,
nem ca outr'home, mais ca mi nem al,
rog'eu a Deus, que muito pod'e val,
10que El mi dê vosso bem se quiser!
       E se assi nom éste, mia senhor,
       nom me dê vosso bem nem voss'amor!



 ----- Increase text size ----- Decrease text size

General note:

O trovador jura à sua senhora que a ama acima de qualquer outra coisa, acima de qualquer outra mulher ou mesmo outro homem, e pede a Deus que, assim sendo, ela lhe conceda os seus favores.



General note


Description

Cantiga de Amor
Refrão
Cobras singulares
(Learn more)


Manuscript sources

A 123, B 238bis

Cancioneiro da Ajuda - A 123

Cancioneiro da Biblioteca Nacional - B 238bis


Musical versions

Originals

Unknown

Contrafactum

Unknown

Modern Composition or Recreation

Unknown