Search in glossary
  (line 1)

Rui Pais de Ribela


Meu senhor, se vos aprouguer,      ←
       comendador, dade-mi mia molher;      ←
e se vo-la eu outra vez ar der,      ←
dê-mi Deus muita de maa ventura.      ←
5       Comendador, dade-mi mia molher      ←
       que vos dei, e fazede mesura.      ←
  
De fazer filhos m'é mester:      ←
       comendador, dade-mi mia molher,      ←
 e dar-vos-ei [eu] outra d'Alanquer      ←
10em que percades a caentura.      ←
       Comendador, dade-mi mia molher      ←
       que vos dei, e fazede mesura.      ←



 ----- Increase text size ----- Decrease text size

General note:

A situação da cantiga anterior sobre este mesmo tema e personagens desenvolve-se agora com alguns detalhes particulares: a mulher teria sido entregue ao dito comendador pelo próprio marido, que a pretende reaver para assegurar a sua descendência, dispondo-se mesmo a arranjar-lhe outra para a troca. A leitura autobiográfica parece ser ainda menos credível nesta segunda composição.



General note


Description

Cantiga de Escárnio e maldizer
Refrão
Cobras uníssonas
(Learn more)


Manuscript sources

B 1440, V 1050
(C 1440)

Cancioneiro da Biblioteca Nacional - B 1440

Cancioneiro da Vaticana - V 1050


Musical versions

Originals

Unknown

Contrafactum

Unknown

Modern Composition or Recreation

Unknown