João de Requeixo


Pois vós, filha, queredes mui gram bem
voss'amigo, mando-vo-l'ir veer;
pero fazede por mi ũa rem
que haja sempre que vos gradecer:
5       nom vos entendam per rem que seja
       que vos eu mand'ir u vos el veja.
  
Mando-vos eu ir a Far'um dia,
filha fremosa, fazer oraçom
u fale vosco como soía
10o voss'amig', e, se Deus vos perdom,
       nom vos entendam per rem que seja
       que vos eu mand'ir u vos el veja.
  
E, pois lhi vós [mui] gram bem queredes,
direi-vos, filha, como façades:
15ide-vos a Far'e vê-lo-edes,
mais, per quanto vós comig'amades,
       nom vos entendam per rem que seja
       que vos mand'eu ir u vos el veja.



 ----- Increase text size

General note:

Nesta terceira cantiga, a mãe acede ao pedido da filha para ir à ermida ver o seu amigo, mas pede-lhe que faça o possível para não dar a entender a ninguém que ela é conivente com esse encontro.



General note


Description

Cantiga de Amigo
Refrão
Cobras singulares
(Learn more)


Manuscript sources

B 1291, V 896

Cancioneiro da Biblioteca Nacional - B 1291

Cancioneiro da Vaticana - V 896


Musical versions

Originals

Unknown

Contrafactum

Unknown

Modern Composition or Recreation

Cantiga III - Pois vós, filha, queredes mui gram ben      versão audio disponível

Versão de César del Caño