Pero da Ponte


Que bem se soub'acompanhar
Nostro Senhor esta sazom!
Que filhou tam bom companhom,
de qual vos eu quero contar:
5rei dom Fernando, tam de prez,
que tanto bem no mundo fez
e que conquis de mar a mar!
  
Tal companhom foi Deus filhar
no bom rei, a que Deus perdom,
10que jamais nom disse de nom
a nulh'hom[e] por lh'algo dar,
e que sempre fez o melhor;
por en x'o quis Nostro Senhor
põer consigo par a par!
  
15E quant'home em ele mais falar,
tant'achará melhor razom:
ca, dos reis que forom nem som
no mundo por bom prez ganhar,
este rei foi o melhor rei,
20que soub'eixalçar nossa Lei
e a dos mouros abaixar!
  
Mais u Deus pera si levar
quis o bom rei, i log'entom
se nembrou de nós, poilo bom
25rei dom Afonso nos foi dar
por senhor. E bem nos cobrou:
ca, se nos bom senhor levou,
mui bom senhor nos foi leixar!
  
E Deus bom senhor nos levou!
30Mais, pois nos tam bom rei leixou,
nom nos devemos a queixar.
  
Mais façamos tal oraçom:
que Deus, que prês mort'e paixom,
o mande muito bem reinar.
  
35Amen! Aleluia!



 ----- Aumentar letra ----- Diminuir letra

Nota geral:

Pranto pela morte de Fernando III, de Leão e Castela, ocorrida a 31 de Maio de 1252 (quatro anos após a conquista de Sevilha), e que inclui o elogio ao seu herdeiro, Afonso X.



Nota geral


Descrição

Pranto
Mestria
Cobras uníssonas (rima c singular)
(Saber mais)


Fontes manuscritas

B 986, V 574

Cancioneiro da Biblioteca Nacional - B 986

Cancioneiro da Vaticana - V 574


Versões musicais

Originais

Desconhecidas

Contrafactum

Desconhecidas

Composição/Recriação moderna

Desconhecidas