Nuno Peres Sandeu


Porque vos quer'eu mui gram bem,
amig', anda-mi sanhuda
mia madr', e sõo perduda
agora com ela por en,
5       mais guisarei, meu amigo,
       como faledes comigo.
  
Pola coita que mi destes,
foi ferida e maltreita,
e ben'o sábia mia madre
10que aquesta será feita:
       mais guisarei, meu amigo,
       como faledes comigo.



 ----- Aumentar letra

Nota geral:

Dirigindo-se ao seu amigo, a moça conta-lhe que, porque ele a ama, não só a mãe anda zangada com ela, como chegou a bater-lhe. Mas, se as relações entre as duas estão péssimas, ela irá arranjar uma maneira de falarem os dois, não se importando mesmo que ela o saiba.



Nota geral


Descrição

Cantiga de Amigo
Refrão
Cobras singulares
(Saber mais)


Fontes manuscritas

B 798, V 382

Cancioneiro da Biblioteca Nacional - B 798

Cancioneiro da Vaticana - V 382


Versões musicais

Originais

Desconhecidas

Contrafactum

Desconhecidas

Composição/Recriação moderna

Desconhecidas