Pesquisa no glossário
  (linha 9)

Pero Viviães


 - Por Deus, amiga, punhad'em partir      ←
o meu amigo de mi querer bem.      ←
 - Nom mi o digades, ca vos nom val rem,      ←
nem mi mandedes a ess'alá ir,      ←
5       ca tanta prol mi tem de lhi falar,      ←
       per boa fé, come de me calar.      ←
  
- Dizede-lh'ora que se parta já      ←
do meu amor, onde sempr'houve mal.      ←
- Leixemos ess'e falemos em al;      ←
10muito cofonda Deus quem lho dirá,      ←
       ca tanta prol mi tem de lhi falar,      ←
       per boa fé, come de me calar.      ←
  
- Dizede-lh'ora que nom pod'haver      ←
nunca meu bem e que nom cuid'i sol.      ←
15- Nom mi o digades, ca vos nom tem prol;      ←
cofonda Deus a que lho vai dizer,      ←
       ca tanta prol mi tem de lhi falar,      ←
       per boa fé, come de me calar.      ←



 ----- Aumentar letra ----- Diminuir letra

Nota geral:

Em diálogo como uma amiga, a moça pede-lhe que faça os possíveis por desenganar o seu amigo, indo dizer-lhe para deixar de a amar, já que esse amor nada lhe adiantou ou adiantará. Mas a amiga não só não se mostra disposta a ir falar com ele, como nem quer ouvir falar de tal coisa, até porque sabe que falar-lhe ou calar-se será igual.



Nota geral


Descrição

Cantiga de Amigo
Refrão, Dialogada
Cobras singulares
(Saber mais)


Fontes manuscritas

B 736, V 337

Cancioneiro da Biblioteca Nacional - B 736

Cancioneiro da Vaticana - V 337


Versões musicais

Originais

Desconhecidas

Contrafactum

Desconhecidas

Composição/Recriação moderna

Desconhecidas