Afonso Mendes de Besteiros


Oimais nom há rem que mi gradecer
a mi a mui fremosa mia senhor
de a servir já, mentr'eu vivo for,
ca, de pram, assi me tem em poder
5que nom poss'end'o coraçom partir;
e pero mi pês, hei-a já de servir.
[...]



 ----- Aumentar letra


Descrição

Cantiga de Amor
Fragmento
(Saber mais)


Fontes manuscritas

B 378

Cancioneiro da Biblioteca Nacional - B 378


Versões musicais

Originais

Desconhecidas

Contrafactum

Desconhecidas

Composição/Recriação moderna

Desconhecidas