Cantiga referida em nota


Pero Mafaldo


Ai amiga, sempr'havedes sabor
de me rogardes por meu amigo
que lhi faça bem; e bem vos digo
que me pesa, mais, já por voss'amor,
5       farei-lh'eu bem; mais de pram nom farei
       quant'el quiser, pero bem lhi farei.
  
Vós me rogastes mui de coraçom
que lhi fezesse bem algũa vez,
ca me seria mesura [e] bom prez,
10e eu, por vosso rogo e por al nom,
       farei-lh'eu bem; mais de pram nom farei
       quant'el quiser, pero bem lhi farei.
  
Rogastes-mi, amiga, per bõa fé,
que lhi fezesse todavia bem
15por vós, e, pois vós queredes, convém
que o faça, mais, pois que assi é,
       farei-lh'eu bem; mais de pram nom farei
       quant'el quiser, pero bem lhi farei.



 ----- Aumentar letra ----- Diminuir letra

Nota geral:

Dirigindo-se a uma amiga, a donzela mostra-se disposta a ceder aos seus constantes pedidos no sentido de deixar de tratar mal o seu amigo e de o favorecer de algum modo. Assim, por amor desta sua amiga, ela irá fazer bem ao seu amigo, mas não tanto quanto ele quiser.



Nota geral


Descrição

Cantiga de Amigo
Refrão
Cobras singulares
(Saber mais)


Fontes manuscritas

B 373

Cancioneiro da Biblioteca Nacional - B 373


Versões musicais

Originais

Desconhecidas

Contrafactum

Desconhecidas

Composição/Recriação moderna

Desconhecidas