Afonso Anes do Cotom


Orraca López vi doente um dia
e preguntei-a se guareceria;
e disse-m'ela, tod'em jograria:
- Sõo velha e cuid'a guarecer.
5 E dixe-lh'eu: - Cuidades gram folia,
        ca i mais vej'eu das velhas morrer.
  
[E] dixe-lh'eu: - Gram folia pensades,
se per velhece a guarecer cuidades;
pero nom vos dig'eu que nom vivades
10quanto vos Deus quiser leixar viver;
mais em velhice nom vos atrevades,
       ca i mais vej'eu das velhas morrer.



 ----- Diminuir letra

Nota geral:

Chufa a uma velha soldadeira a partir da ideia geral de que a velhice é uma doença incurável. Nos manuscritos, a cantiga seguinte retoma o tema.



Nota geral


Descrição

Escárnio e Maldizer
Refrão
Cobras singulares
(Saber mais)


Fontes manuscritas

B 1589, V 1121

Cancioneiro da Biblioteca Nacional - B 1589

Cancioneiro da Vaticana - V 1121


Versões musicais

Originais

Desconhecidas

Contrafactum

Desconhecidas

Composição/Recriação moderna

Desconhecidas