Cantiga referida em nota
  (linha 12)

Lopo Lias


Ao lançar do pau,
       ena sela,
deu do cuu mau
       e quebrou-lh'a sela,
5       ca 'ssi diss'a bela:
       - Rengeu-lh'a sela!
  
Ao lançar do touço,
       [ena sela],
deu do cu a bouço
10       e quebrou-lh'a sela,
       ca 'ssi diss'a bela:
       - Rengeu-lh'a sela!



 ----- Aumentar letra ----- Diminuir letra

Nota geral:

Mais uma composição do ciclo que D. Lopo Lias dedica aos infanções de Lemos, esta referente aos azares de um deles no jogo do tavolado.
Para a contextualização e possível datação deste ciclo, veja-se a Nota Geral à primeira das suas cantigas.



Nota geral


Descrição

Cantiga de Escárnio e maldizer
Refrão e Paralelística
Cobras singulares
(Saber mais)


Fontes manuscritas

B 1347, V 954

Cancioneiro da Biblioteca Nacional - B 1347

Cancioneiro da Vaticana - V 954


Versões musicais

Originais

Desconhecidas

Contrafactum

Desconhecidas

Composição/Recriação moderna

Desconhecidas