Martim Codax


 Translate

Quantas sabedes amar amigo,
treides comig'a lo mar de Vigo
       e banhar-nos-emos nas ondas.
  
Quantas sabedes amar amado,
5treides comig' a lo mar levado
       e banhar-nos-emos nas ondas.
  
Treides comig' a lo mar de Vigo
e veeremo' lo meu amigo
       e banhar-nos-emos nas ondas.
  
10Treides comig' a lo mar levado
e veeremo' lo meu amado
       e banhar-nos-emos nas ondas.



 ----- Aumentar letra ----- Diminuir letra



Para acesso à discografia de Martim Codax, consultar:
Martín Códax: Cantigas de Amigo - A discography



Nota geral:

A donzela incita agora todas as companheiras enamoradas a irem até à beira do mar de Vigo, onde se banharão. E onde verá o seu amigo.
O banho ritual, sob um olhar masculino, é um momento erótico por excelência, conhecido de todas as sociedades tradicionais (e contemporâneas).



Nota geral


Descrição

Cantiga de Amigo
Refrão e Paralelística
Cobras alternadas
(Saber mais)


Fontes manuscritas

B 1282, N 5, V 888

Cancioneiro da Biblioteca Nacional - B 1282

Cancioneiro da Vaticana - V 888

Pergaminho Vindel - N 5


Versões musicais

Originais

Quantas Sabedes Amare Amigo      versão audio disponível

Versões de Martim Codax

…E bannar nos emos nas ondas 

Versão de Martim Codax, Frederico de Freitas

Quantas sabedes amar amigo (Cantigas Jazz Suite - amores de adorar e dores de amor)      versão audio disponível

Versão de Martim Codax, Abé Rabade

Contrafactum

Desconhecidas

Composição/Recriação moderna

Desconhecidas