Pero Meogo


Ai cervos do monte, vim-vos preguntar:
foi-s'o meu amig', e, se alá tardar,
       que farei, velida?
  
Ai cervas do monte, vim-vo-lo dizer:
5foi-s'o meu amig', e querria saber
       que farei, velida?



 ----- Aumentar letra ----- Diminuir letra

Nota geral:

Nesta cantiga, talvez incompleta, a moça, fazendo agora dos cervos e cervas do monte os seus confidentes, pergunta-lhes o que fará, se o seu amigo, que acaba de partir, se demorar muito por lá.



Nota geral


Descrição

Cantiga de Amigo
Refrão e Paralelística
Cobras singulares
(Saber mais)


Fontes manuscritas

B 1187, V 792

Cancioneiro da Biblioteca Nacional - B 1187

Cancioneiro da Vaticana - V 792


Versões musicais

Originais

Desconhecidas

Contrafactum

Ai, cervas do monte, vinvos preguntar      versão audio disponível

Versão de Paulina Ceremużyńska

Composição/Recriação moderna

Ay cervos do monte  

Versão de Frederico de Freitas

Cantigas de Amigo: Ai cervos do monte 

Versão de Ivan Moody