Pesquisa no glossário
  (linha 10)

João Baveca


Senhor, por vós hei as coitas que hei,      ←
e per Amor que mi vos fez amar;      ←
ca el sem vós nom mi as podera dar,      ←
nem vós sem el. E por esto nom sei      ←
5       se me devo de vós queixar, senhor,      ←
       mais destas coitas que hei, se d'Amor.      ←
  
Ca muitos vej'a quem ouço dizer      ←
que d'Amor vivem coitados, nom d'al,      ←
e a mim del e de vós me vem mal.      ←
10E por aquesto nom poss'entender      ←
       se me devo de vós queixar, senhor,      ←
       mais d'estas coitas que hei, se d'Amor.      ←
  
Pero Amor nunca me coitas deu,      ←
nem mi fez mal, senom des que vos vi,      ←
15nem vós de rem, se ant'el nom foi i.      ←
E por estas razões nom sei eu      ←
       se me devo de vós queixar, senhor,      ←
       mais d'estas coitas que hei, se d'Amor.      ←
  
E por Deus, fazede-me sabedor      ←
20se m'hei de vós [a] queixar, se d'Amor.      ←



 ----- Aumentar letra ----- Diminuir letra

Nota geral:

Procurando a origem das suas mágoas, trovador não sabe se deverá queixar-se do Amor ou da sua senhora. Antes de a conhecer, nunca o Amor o tinha atormentado: e antes de a amar, também nunca ela o tinha feito sofrer. Daí o perguntar-lhe, como faz na finda, de quem deve efetivamente queixar-se.



Nota geral


Descrição

Cantiga de Amor
Refrão
Cobras singulares
Finda
(Saber mais)


Fontes manuscritas

B 1109, V 700

Cancioneiro da Biblioteca Nacional - B 1109

Cancioneiro da Vaticana - V 700


Versões musicais

Originais

Desconhecidas

Contrafactum

Desconhecidas

Composição/Recriação moderna

Desconhecidas