Pesquisa no glossário
  (linha 6)

Pero de Armea


A vós fez Deus, fremosa mia senhor,      ←
o maior bem que vos pôd'El fazer:      ←
fez-vos mansa e melhor parecer      ←
das outras donas e fez-vos melhor      ←
5       dona do mund[o] e de melhor sem:      ←
       vedes, senhor, se al disser alguém,      ←
       com verdade nom vos pod'al dizer.      ←
  
Feze-vos Deus e deu-vo'lo maior      ←
poder de bem e fez-vos mais valer      ←
10das outras donas e fez-vos vencer      ←
tôdalas donas e fez-vos melhor      ←
       dona do mund[o] e de melhor sem:      ←
       vedes, senhor, se al disser alguém,      ←
       com verdade nom vos pod'al dizer.      ←
  
15E porque é Deus o mais sabedor      ←
do mundo, fez-me-vos tal bem querer      ←
qual vos eu quer'e fez a vós nacer      ←
mais fremosa e fez-vos [a] melhor      ←
       dona do mund[o] e de melhor sem:       ←
20       vedes, senhor, se al disser alguém,      ←
       com verdade nom vos pod'al dizer.      ←
  
E o que al disser, por dizer mal      ←
de vós, senhor, do que disser nem d'al,      ←
cofonda Deus quem lho nunca creer!      ←
  
25E quer'end'eu todos desenganar:      ←
 o que m'esto, senhor, nom outorgar      ←
nom sabe nada de bem conhocer.      ←



 ----- Aumentar letra ----- Diminuir letra

Nota geral:

O poeta faz o elogio da sua senhora formosa, enumerando as qualidades que Deus lhe deu: fê-la meiga, bela e melhor do que todas as outras. E ninguém que fale verdade poderá dizer o contrário



Nota geral


Descrição

Cantiga de Amor
Refrão
Cobras uníssonas
(Saber mais)


Fontes manuscritas

B 1084, V 676

Cancioneiro da Biblioteca Nacional - B 1084

Cancioneiro da Vaticana - V 676


Versões musicais

Originais

Desconhecidas

Contrafactum

Desconhecidas

Composição/Recriação moderna

Desconhecidas