Cantiga de escarnho do rei Alfonso X el sabio

Miro Casabella, Compositor, canto

Composição/Recriação moderna
Edição 1968


Intervenientes

Compositor: Miro Casabella
Canto: Miro Casabella


Ouvir música




Gravação

Miro canta Cantigas de Escarnho e de Mal Dizer
Miro Casabella
(CD)      (Fonte1)
Ano: 1968, Barcelona, Edigsa/Xistral


Cantiga original O genete

O genete
pois remete
seu alfaraz corredor
estremece
e esmorece
o coteife com pavor.
Vi coteifes orpelados
estar mui mal espantados
e genetes trosquiados
corriam-nos arredor;
tinham-nos mal aficados
[ca] perdian'a color.
Vi coteifes de gram brio
eno meio do estio
estar tremendo sem frio
ant'os mouros d'Azamor;
e ia-se deles rio
que Auguadalquivir maior.
Vi eu de coteifes azes,
com infanções iguazes,
mui peores ca rapazes;
e houveram tal pavor,
que os seus panos d'arrazes
tornarom doutra color.
Vi coteifes com arminhos,
conhecedores de vinhos,
e rapazes dos martinhos
que nom tragiam senhor
sairom aos mesquinhos,
fezerom tod'o peor.
Vi coteifes e cochões
com mui [mais] longos granhões
que as barvas dos cabrões:
[e] ao som do atambor
os deitavam dos arções
ant'os pees de seu senhor.