Pesquisa por tema

Tema = Animais

 

62 ocorrências encontradas.


A por que perço o dormir, João Airas de Santiago

A sa vida seja muita, João, jograr

Achei Sanch[a] Anes encavalgada, Afonso X

Ai cervos do monte, vim-vos preguntar, Pero Meogo

Amad'e meu amigo, D. Dinis

Ao daiam de Cález eu achei, Afonso X

Ao daiam de Cález eu achei, Afonso X

Comprar quer'eu, Fernam Furado, muu, Airas Veaz

Contar-vos-ei costumes e feituras, Fernão Soares de Quinhones

De Joam Bol'and'eu maravilhado, D. Dinis

Deus! Com'ora perdeu Joam Simiom, D. Dinis

- Digades, filha, mia filha velida, Pero Meogo

Disse um infante ante sa companha, Fernando Esquio

Disse-m'hoj'um cavaleiro, D. Dinis

Dom Foão, que eu sei que há preço de livão, Afonso Mendes de Besteiros

Dom Guilhelm'e Dom Adam e Dom Miguel Carriço, Fernão Soares de Quinhones

Dom Meendo, Dom Meendo, Afonso X

Dona Ouroana, pois já besta havedes, João Garcia de Guilhade

En'a primeira rua que cheguemos, Martim Anes Marinho

Enas verdes ervas, Pero Meogo

Eu, em Toledo, sempr'ouço dizer, Pero da Ponte

Faz-m'agora por si morrer, Vidal

Foi Dom Fagundo um dia convidar, Afonso Anes do Cotom

Fostes, filha, eno bailar, Pero Meogo

Joam Bol'anda mal desbaratado, D. Dinis

Joam Bolo jouv'em ũa pousada, D. Dinis

Jograr, mal desemparado, João Soares Coelho

Levad', amigo que dormide'las manhanas frias, Nuno Fernandes Torneol

[Levou-s'aa alva], levou-s'a velida, Pero Meogo

Lop'Anaia nom se vaia, Fernão Soares de Quinhones

Mandei pedir noutro dia, Pedro, conde de Barcelos

Mentr'esta guerra foi, assi, Gil Peres Conde

Mentr'esta guerra foi, assi, Gil Peres Conde

Mester havia Dom Gil, Afonso X

Meu senhor, direi-vos ora:, Pero Gomes Barroso

Natura das animalhas, Pedro, conde de Barcelos

Nom levava nem dinheiro, Gonçalo Anes do Vinhal

Nom levava nem dinheiro, Gonçalo Anes do Vinhal

Nom me posso pagar tanto, Afonso X

Noutro dia, em Carrion, Pero da Ponte

O Demo m'houvera hoj'a levar, Rui Queimado

O Demo m'houvera hoj'a levar, Rui Queimado

Os que dizem que veem bem e mal, João Airas de Santiago

Houv'Albardam caval'e seendeiro, Martim Soares

Pelo souto de Crexente, João Airas de Santiago

Penhoremos o daiam, Afonso X

Pero d'Ambroa, sempr'oí cantar, Gonçalo Anes do Vinhal

Pero Fernándiz, home de barnage, Gonçalo Anes do Vinhal

Pois que Dom Gómez Cura querria, Airas Peres Vuitorom

Por mui fremosa, que sanhuda estou, Pero Meogo

Pôs conta el-rei em todas sas fronteiras, Gil Peres Conde

Pôs conta el-rei em todas sas fronteiras, Gil Peres Conde

Preguntar-vos quer'eu, madre, Pero Meogo

Que muito m'eu pago deste verão, Airas Nunes

Quem seu parente vendia, Pero da Ponte

Sedia-xi Dom Belpelho em ũa sa maison, Afonso Lopes de Baião

- Tal vai o meu amigo, com amor que lh'eu dei, Pero Meogo

Ũa dona, nom dig'eu qual, João Airas de Santiago

Ũa pastor bem talhada, D. Dinis

Um cavalo nom comeu, João Garcia de Guilhade

Vaiamos, irmana, vaiamos dormir, Fernando Esquio

Vem um ric'home das truitas, Rui Pais de Ribela