Antroponínima

Pessoas referidas em cantigas

Bispo de Cuenca



Descrição

Os bispos de Cuenca que parecem cronologicamente enquadrar-se na composição (ou seja, que foram contemporâneos de Pedro Amigo) serão D. Gonçalo Ibañez (1236-1246), D. Mateo Reinal (1247-1257), D. Rodrigo (1260-?), D. Pedro Laurenço (1264-1271) e D. Gonçalo Gudiel (1272-1275). Este último foi em seguida promovido ao bispado de Burgos e posteriormente ao arcebispado de Toledo, tornando-se uma personalidade influente na corte de Sancho IV (ficando, inclusivamente, com o governo interino do reino aquando a peregrinação deste monarca a Santiago de Compostela). Não é impossível, pois, que a composição lhe seja dirigida, se eventualmente datar dos anos de conflito entre Afonso X e o infante herdeiro Sancho (após a morte do seu primogénito, o infante Fernando, em 1275).

Cantigas que referem esta pessoa



Um bispo diz aqui, por si, Pedro Amigo de Sevilha
   (Linha 1): Um bispo diz aqui, por si,