Toponínima

Lugares referidos em cantigas

Ermida de Santa Marta



Descrição

Segundo Montero Santalha1, deverá tratar-se "da capela dessa advocação que se acha na beira da estrada que, saindo de Santiago, vai em direcção a Padrom e a Pontevedra. Com a expansão urbanística da segunda metade do século XX, essa capela fica agora englobada dentro da cidade, e até foi constituída recentemente em paróquia urbana, mas antes era uma ermida rural, situada num pequeno outeiro, e lugar de romaria para as gentes dos arredores de Santiago, que lhe atribuem virtude para curar diversas doenças.Documenta-se já na época medieval, quando fazia parte de uma leprosaria, e era destinatária de doações testamentárias "


Referências

1 Montero Santalha, José-Martinho (2004), As cantigas de Pero de Berdia.
      Aceder à página Web


Cantigas que referem este lugar:



Assanhou-s'o meu amigo, Pero de Berdia
   (Linha 11): em Santa Marta, na ermida

Jurava-mi o meu amigo, Pero de Berdia
   (Linha 7): a Santa Marta, e maer

Sanhudo m'é meu amig'e nom sei, Pero de Berdia
   (Linha 19): Quando m'el vir em Santa Marta estar