Lista alfabética de cantigas


Filtrar por género:

Filtrar por tipo:

U
Cantiga V. musical Autor Género
U m'eu parti d'u m'eu parti João Garcia de Guilhade Amor
U noutro dia Dom Foam D. Dinis Escárnio e Maldizer
U noutro dia seve Dom Foam   D. Dinis Escárnio e Maldizer
U vos nom vejo, senhor, sol poder João Baveca Amor
U, com Dom Beeito, aos preitos veerom João Airas de Santiago Escárnio e maldizer
Ũa dona de que falar oí Pero Viviães Amor
Ũa dona foi de pram Gonçalo Anes do Vinhal Escárnio e maldizer
Ũa dona que eu quero gram bem Paio Gomes Charinho Amor
Ũa dona, nom dig'eu qual João Airas de Santiago Escárnio e maldizer
Ũa donzela coitado     Caldeirom ou Pero Viviães Escárnio e maldizer
Ũa donzela jaz [preto d]aqui Martim Soares Escárnio e maldizer
Ũa donzela quis eu mui gram bem João Soares Somesso Escárnio e Maldizer
(Ũa donzela sei eu) Anónimo - cantigas espúrias Espúria
Ũa moça namorada        Lourenço Amigo
Ũa pastor bem talhada D. Dinis Pastorela
Ũa pastor se queixava     D. Dinis Pastorela
- Ũa pregunta quer'a el-rei fazer Garcia Peres, Afonso X Tenção
- Ũa pregunta vos quero fazer Paio Gomes Charinho, Afonso X Tenção
Um bispo diz aqui, por si Pedro Amigo de Sevilha Escárnio e maldizer
Um cantar novo d'amigo Pedro Amigo de Sevilha Amigo
Um cavaleiro há 'qui tal entendença João Lobeira Escárnio e maldizer
Um cavaleiro havia Pedro, conde de Barcelos Escárnio e maldizer
Um cavaleiro me diss'em baldom Estêvão da Guarda Escárnio e maldizer
Um cavaleiro se comprou Martim Soares Escárnio e maldizer
Um cavaleiro, fi'de clerigom Pedro Amigo de Sevilha Escárnio e maldizer
Um cavalo nom comeu        João Garcia de Guilhade Escárnio e maldizer
Um dia fui cavalgar Pero da Ponte Escárnio e maldizer
Um dia que vi mia senhor Rui Pais de Ribela Amor
Um dia vi mia senhor João Servando Amor
Um escudeiro vi hoj'arrufado João Baveca Escárnio e maldizer
Um infançom mi há convidado Nunes Escárnio e Maldizer
Um porteir'há em cas d'el-rei Gil Peres Conde Escárnio e maldizer
Um ric'homaz, um ric'homaz Rui Pais de Ribela Escárnio e maldizer
Um ric'home a que um trobador Afonso Sanches Escárnio e Maldizer
Um ric'home que hoj'eu sei Pero Gomes Barroso Escárnio e maldizer
Um sangrador de Leirea Mem Rodrigues de Briteiros ou João Fernandes de Ardeleiro Escárnio e maldizer
Um tal home sei eu, ai bem talhada   D. Dinis Amor

 

[^ topo]