Lista alfabética de cantigas


Filtrar por género:

Filtrar por tipo:

S
Cantiga V. musical Autor Género
Sabedes quant'há, 'migo, que m'eu vosco veer Vasco Praga de Sandim Amigo
Sabedes vós: meestre Nicolao Pero Garcia de Ambroa Escárnio e maldizer
Sam Clemenço do mar Nuno Trez Amigo
Sancha Pérez leve vós parecedes João Vasques de Talaveira Escárnio e maldizer
Sanhud'and[ad]es, amigo João Garcia de Guilhade Amigo
Sanhudo m'é meu amig'e nom sei Pero de Berdia Amigo
Sazom é já de me partir Osoiro Anes Amor
Sazom sei eu que nom ousei dizer Pero Mendes da Fonseca Amor
Sazom sei ora, fremosa mia senhor Fernão Gonçalves de Seabra Amor
Se Deus me leixe bem haver João Soares Somesso Amor
Se Deus me leixe de vós bem haver Fernão Garcia Esgaravunha Amor
Se Deus me valha, mia senhor Vasco Praga de Sandim Amor
Se Deus me valha, mia senhor Pero Garcia Burgalês Amor
Se eu a Deus algum mal mereci Pero Garcia Burgalês Amor
Se eu a meu amigo dissesse Estêvão Travanca Amigo
Se eu a mia senhor ousasse João Soares Somesso Amor
Se eu moiro, ben'o busquei! João Lopes de Ulhoa Amor
Se eu no mundo fiz algum cantar Pero Garcia de Ambroa Escárnio e maldizer
Se eu ousass'a Maior Gil dizer Vasco Rodrigues de Calvelo Amor
Se eu podess'ir u mia senhor é Mem Rodrigues Tenoiro ou Afonso Fernandes Cebolhilha Amor
Se eu podesse desamar          Pero da Ponte Amor
Se eu podess'ora meu coraçom D. Dinis Amor
Se eu soubesse, u eu primeiro vi Pero Garcia Burgalês Amor
Se eu, amiga, quero fazer bem Rodrigo Anes de Vasconcelos Amigo
Se eu, amigos, u é mia senhor João de Gaia Amor
- Se eu, mia filha, for     João Nunes Camanês Amigo
Se gradoedes, amigo Afonso Anes do Cotom Amigo
Se hei coita, muito a nego bem Fernão Gonçalves de Seabra Amor
Se hoj'o meu amigo     Estevão Coelho Amigo
Se hoj'em vós há nẽum mal, senhor D. Dinis Amor
Se hom'houvesse de morrer Rui Fernandes de Santiago Amor
Se m'el-rei dess'algo, já m'iria Lopo Lias Escárnio e maldizer
Se m'ora Deus gram bem fazer quisesse João Garcia de Guilhade Amor
Se me graça fezesse este Papa de Roma! Afonso X Escárnio e Maldizer
Se meu amig'a Sam Servando for João Servando Amigo
Se soubess'a mia senhor como m'a mi plazeria Diogo Moniz Amor
Se soubess'ora mia senhor João Lobeira Amor
Se veess'o meu amigo a Bonaval e me visse Bernal de Bonaval Amigo
Se vos eu amo mais que outra rem Fernão Garcia Esgaravunha Amor
Se vos eu ousasse, senhor Vasco Gil Amor
Se vos nom pesar ende     Rui Fernandes de Santiago Amigo
Se vos prouguer, madr', hoj'este dia Martim de Ginzo Amigo
Se vos prouguess', Amor, bem me devia Fernão Padrom Amor
Se vos prouguesse, mia senhor Vasco Praga de Sandim Amor
Se vós, Dom Foão, dizedes Estêvão da Guarda Escárnio e maldizer
Sedia la fremosa seu sirgo torcendo        Estevão Coelho Amigo
Sedia-xi Dom Belpelho em ũa sa maison Afonso Lopes de Baião Gesta de maldizer
Sei bem que quantos eno mund'amarom Pedro Amigo de Sevilha Amor
Sei eu um ric'home, se Deus mi pardom Pero Gomes Barroso Escárnio e maldizer
Sei eu, donas, que deitad'é daqui Gonçalo Anes do Vinhal Escárnio e maldizer
Sei eu, donas, que nom quer tam gram bem Pedro Amigo de Sevilha Amigo
Sedia-m'eu na ermida de Sam Simion       Mendinho Amigo
Sej'eu fremosa com mui gram pesar     Pero de Armea Amigo
Sela aleivosa, em mao dia te vi Lopo Lias Escárnio e maldizer
Sem meu amigo manh'eu senlheira     Juião Bolseiro Amigo
Sempr'ando cuidando em meu coraçom Rui Queimado Amor
Sempr'eu punhei de servir mia senhor Vasco Peres Pardal Amor
Sempr'eu, senhor, mia morte receei Estêvão da Guarda Amor
Sempr'eu, senhor, roguei a Deus por mi João Lopes de Ulhoa Amor
Sempre vos eu doutra rem mais amei Afonso Sanches Amor
Sempr'eu, mia senhor, desejei D. Dinis Amor
- Sénher, ad-ars ie'us venh querer Arnaldo, Afonso X Tenção
Senhor de mi e destes olhos meus Pero Mendes da Fonseca Amor
Senhor de mi e do meu coraçom Rodrigo Anes de Vasconcelos Amor
Senhor Deus, que coita que hei Fernão Rodrigues de Calheiros Amor
Senhor do corpo delgado Pero da Ponte Amor
Senhor do mui bom parecer Pero Mafaldo Amor
Senhor e lume destes olhos meus João Soares Coelho Amor
Senhor fremosa do bom parecer João Airas de Santiago Amor
Senhor fremosa e de mui loução D. Dinis Amor
Senhor fremosa, convém-mi a rogar Fernão Garcia Esgaravunha Amor
Senhor fremosa, creede per mi Mem Rodrigues Tenoiro ou Afonso Fernandes Cebolhilha Amor
Senhor fremosa, des aquel dia Pero de Armea Amor
Senhor fremosa, des quando vos vi Afonso Fernandes Cebolhilha Amor
Senhor fremosa, des que vos amei Estêvão Faião Amor
Senhor fremosa, fui buscar João Soares Somesso Amor
Senhor fremosa, grand'enveja hei Vasco Praga de Sandim Amor
Senhor fremosa, hei-vos grand'amor João Airas de Santiago Amor
Senhor fremosa, já nunca será Anónimo 4 Amor
Senhor fremosa, já perdi o sem Anónimo 4 Amor
Senhor fremosa, mais de quantas som Afonso Mendes de Besteiros Amor
Senhor fremosa, nom hei hoj'eu quem Vasco Gil Amor
Senhor fremosa, nom pod'hom'osmar Pero de Armea Amor
Senhor fremosa, nom poss'eu osmar     D. Dinis Amor
Senhor fremosa, oí eu dizer Lourenço Amor
Senhor fremosa, par Deus, gram razom Vasco Praga de Sandim Amor
Senhor fremosa, pois assi Deus quer Bernal de Bonaval Amor
Senhor fremosa, pois m'aqui Mem Rodrigues Tenoiro ou Afonso Fernandes Cebolhilha Amor
Senhor fremosa, pois m'hoj'eu morrer Vasco Gil Amor
Senhor fremosa, pois me nom queredes   Martim Soares Amor
- Senhor fremosa, pois me vej'aqui Anónimo 5 Amor
Senhor fremosa, pois no coraçom D. Dinis Amor
Senhor fremosa, pois pesar havedes Vasco Gil Amor
Senhor fremosa, pois que Deus nom quer Paio Gomes Charinho Amor
Senhor fremosa, pois vos vi Pero Garcia Burgalês Amor
Senhor fremosa, por meu mal     Airas Veaz Amor
Senhor fremosa, por Nostro Senhor Paio Gomes Charinho Amor
Senhor fremosa, por qual vos Deus fez D. Dinis Amor
Senhor fremosa, quant'eu cofondi Fernão Garcia Esgaravunha Amor
Senhor fremosa, que de coraçom Martim Peres Alvim Amor
Senhor fremosa, que sempre servi Fernão Garcia Esgaravunha Amor
Senhor fremosa, queria saber Anónimo 4 Amor
Senhor fremosa, quero-vos rogar Vasco Gil Amor
- Senhor fremosa, si veja prazer     Martim Peres Alvim Amor
Senhor fremosa, tam de coraçom Paio Gomes Charinho Amor
Senhor fremosa, tam gram coita hei Bernal de Bonaval Amor
Senhor fremosa, vejo-me morrer Afonso Mendes de Besteiros Amor
Senhor fremosa, vejo-vos queixar D. Dinis Amor
Senhor fremosa, vejo-vos queixar Rui Queimado Amor
Senhor fremosa, venho-vos dizer Pero Garcia Burgalês Amor
Senhor fremosa, vou-mi alhur morar Pero Mendes da Fonseca Amor
(Senhor genta)     João Lobeira ou Anónimo - cantigas espúrias Amor
Senhor que eu por meu mal vi Fernão Velho Amor
Senhor, aquel que sempre sofre mal D. Dinis Amor
Senhor, conmigo nom posso eu poer João Mendes de Briteiros Amor
Senhor, cuitad'é o meu coraçom     D. Dinis Amor
Senhor, des quand'em vós cuidei Vasco Peres Pardal Amor
Senhor, des quando vos vi D. Dinis Amor
Senhor, dizem-vos por meu mal D. Dinis Amor
Senhor, Dom Ansur se vos querelou Vasco Peres Pardal Escárnio e maldizer
Senhor, e assi hei eu a morrer? Nuno Anes Cerzeo Amor
Senhor, em tam grave dia     D. Dinis Amor
Senhor, esta coita que hei Nuno Anes Cerzeo Amor
- Senhor, eu quer'ora de vós saber Pero Garcia Burgalês, Anónimo Tenção de amor
Senhor, eu vivo coitada D. Dinis Amor
Senhor, eu vivo muit'a meu pesar Vasco Rodrigues de Calvelo Amor
Senhor, eu vos quer'ũa rem dizer Vasco Praga de Sandim Amor
Senhor, hoj'houvesse eu vagar D. Dinis Amor
Senhor, justiça viimos pedir Afonso X Escárnio e Maldizer
Senhor, nom poss'eu já per nulha rem Martim Peres Alvim Amor
Senhor, nom vos pês se me guisar Deus D. Dinis Amor
Senhor, o gram mal e o gram pesar João Soares Coelho Amor
Senhor, o mal que mi a mi faz Amor Fernão Velho Amor
Senhor, os que me querem Paio Soares de Taveirós Amor
Senhor, per vós sõo maravilhado Pero Garcia Burgalês Amor
Senhor, perdud'hei por vós já o coraçom Nuno Anes Cerzeo Amor
Senhor, pois Deus nom quer que mi queirades Martim Soares Amor
Senhor, pois me nom queredes     D. Dinis Amor
Senhor, pois que m'agora Deus guisou D. Dinis Amor
Senhor, por Deus que vos fez parecer João Soares Coelho Amor
Senhor, por Deus vos rogo que que[i]rades Rodrigo Anes Redondo Amor
Senhor, por que eu tant'afã levei Fernando Esquio Amor
- Senhor, por vós e polo vosso bem Pero Mafaldo Amor
Senhor, por vós hei as coitas que hei João Baveca Amor
Senhor, que bem parecedes D. Dinis Amor
Senhor, que coitad'hoj'eu [e]no mundo vivo Nuno Anes Cerzeo Amor
Senhor, que de grad'hoj'eu querria     D. Dinis Amor
Senhor, que Deus mui melhor parecer Rui Queimado Amor
Senhor, que forte coraçom Pero Mendes da Fonseca Amor
Senhor, que grav'hoj'a mi é Afonso Lopes de Baião Amor
Senhor, que mal vos nembrades D. Dinis Amor
Senhor, queixo-me com pesar Pero Garcia Burgalês Amor
Senhor, se o outro mundo passar Estêvão Peres Froião Amor
Senhor, sempr'os olhos meus Paio Gomes Charinho Amor
Senhor, todos m'entendem já Nuno Anes Cerzeo Amor
- Senhor, veedes-me morrer João Garcia de Guilhade Amor
Senhor, vej'eu que havedes sabor Pero de Armea Amor
(Senhora, por amor [de] Dios) Anónimo - cantigas espúrias Espúria
Sueir'Eanes, este trobador Pero da Ponte Escárnio e maldizer
Sueir'Eanes, nunca eu terrei Pero da Ponte Escárnio e maldizer
Sueir'Eanes, um vosso cantar Afonso Anes do Cotom Escárnio e Maldizer
Suer'Fernándiz, si veja plazer Rodrigo Anes Redondo ou Fernão Rodrigues Redondo Escárnio e maldizer

 

[^ topo]