Pesquisa no glossário
  (linha 13)

Sancho Sanches


Que mui gram torto mi fez, amiga,      ←
meu amigo, quando se foi daqui      ←
a meu pesar, pois que lho defendi;      ←
mais pero queredes que vos diga?      ←
5       Se veess'en, já lh'eu perdoaria.      ←
  
Tanto mi fez gram pesar sobejo      ←
em s'ir daqui que houve de jurar,      ←
mentre vivesse, de lhi nom falar;      ←
mais, porque [o] tam muito desejo,      ←
10       se veess'en, já lh'eu perdoaria.      ←
  
Bem vos dig', amiga, em verdade,      ←
que jurei de nunca lhi fazer bem      ←
 ant'el, e nom leixou de s'ir por en;      ←
mais, por que hei del gram soidade,      ←
15       se veess'en, já lh'eu perdoaria.      ←



 ----- Aumentar letra ----- Diminuir letra

Nota geral:

Explicando a uma amiga a mágoa que sentiu quando o seu amigo se foi embora contra a sua vontade, a moça confessa que, apesar de lhe ter jurado que não lhe voltaria a falar, agora já lhe perdoaria, se voltasse.



Nota geral


Descrição

Cantiga de Amigo
Refrão
Cobras singulares
(Saber mais)


Fontes manuscritas

B 939, V 527

Cancioneiro da Biblioteca Nacional - B 939

Cancioneiro da Vaticana - V 527


Versões musicais

Originais

Desconhecidas

Contrafactum

Desconhecidas

Composição/Recriação moderna

Desconhecidas