Rui Queimado


Senhor, que Deus mui melhor parecer
fez de quantas outras donas eu vi,
ora soubéssedes quant'eu temi
sempr'o que ora quero cometer:
5de vos dizer, senhor, o mui gram bem
que vos quero e quanto mal me vem,
senhor, por vós, que eu por meu mal vi.
  
E sabe Deus que adur eu vim i
dizer-vos como me vejo morrer
10por vós, senhor; mais nom poss'al fazer!
 E vel por Deus!, doede-vos de mi,
 ca por vós moir', esto sabede bem;
e se quiserdes, mia senhor, por en
nom me devíades leixar morrer.
  
15E já que vos comecei a dizer
bem que vos quero, se vos nom pesar,
senhor fremosa, quero-vos rogar
que vos nom pês, por Deus, de vos veer,
nem de falar vosc'; e faredes bem
 20e gram mesura e, quant'é meu sem,
tenho que nom há por que vos pesar.
  
E, mia senhor, por eu vosco falar,
 nunca vós i rem podedes perder
e guarredes mim; e se o fazer
25quiserdes, quero-vos desenganar,
senhor: todos vo-lo terram por bem.
E mia senhor, mais vos direi eu en:
muito perdedes vós em me perder.
  
Ca, mia senhor, havedes vós mui bem
30como: que vos nom hei a custar rem
e servir-vos-ei já, mentr'eu viver.



 ----- Aumentar letra ----- Diminuir letra

Nota geral:

Depois das hesitações anteriores, o trovador encontrou finalmente coragem para confessar o seu amor à sua senhora. Não lhe é fácil fazê-lo, garante, mas, como se sente morrer, não lhe resta outra saída. Pede-lhe assim que tenha compaixão dele e que lhe permita continuar a vê-la e a falar-lhe, pois nada perderá com isso. Todos, de resto, acharão que fará bem, pois perderá muito mais se ele morrer. E a ela nada lhe custará, pois ele irá servi-la toda a vida.



Nota geral


Descrição

Cantiga de Amor
Mestria
Cobras singulares (rima c uníssona)
Palavra(s)-rima: bem (v. 5 de cada estrofe)
Dobre: vi, morrer, pesar, perder (v. 2 e 7 de cada estrofe)
Finda
(Saber mais)


Fontes manuscritas

A 131, B 252

Cancioneiro da Ajuda - A 131

Cancioneiro da Biblioteca Nacional - B 252


Versões musicais

Originais

Desconhecidas

Contrafactum

Desconhecidas

Composição/Recriação moderna

Desconhecidas