Pero Garcia Burgalês


Mentre nom soube por mim mia senhor,
amigos, ca lhe queria gram bem,
de a veer nom lhe pesava en,
nem lhe pesava dizer-lhe: "senhor".
5Mais alguém foi que lhe disse por mim
ca lhe queria gram bem e des i
me quis gram mal e nom mi ar quis veer.
Confonda Deu'lo que lho foi dizer!
  
De me matar fezera mui melhor
10quem lhe disse ca lh'eu queria bem;
e de meu mal nom lhe pesava en;
e fezera de me matar melhor;
ca, meus amigos, des que a nom vi,
desejo morte, que sempre temi;
15e hei tam gram coita pola veer
qual nom posso, amigos, nem sei dizer.
  
A esta coita nunca eu vi par,
ca esta coita peor ca mort'é;
 e por en sei eu bem, per bõa fé,
20que nom fez Deus a esta coita par;
ca, pero vej'u é mia senhor, nom
ous'ir vee-la, si Deus me perdom!
 E nom poss'end'o coraçom partir,
nen'os olhos, mais nom ous'alá ir.
  
25 E quand'a terra vej'e o logar
e vej'as casas u mia senhor é,
vedes que faç'entom, per bõa fé:
pero mi as casas vej'e o logar,
nom ous'ir i e peç'a Deus entom
30mia morte muit'e mui de coraçom
e choro muit'e hei m'end'a partir
e nom vou i, nem sei pera u ir!



 ----- Aumentar letra ----- Diminuir letra

Nota geral:

O trovador maldiz aquele que foi revelar o seu amor à sua senhora: se antes ela lhe falava muito bem e nem se importava que ele lhe chamasse "senhora", agora passou a querer-lhe mal e não o quer ver. De modo que, acrescenta, mais lhe valia que essa pessoa o tivesse logo matado, visto que agora, impossibilitado de a ver, sente um sofrimento mortal. Sem ousar ir ter com ela, não consegue tirar os olhos do lugar onde sabe que ela está. Olhando para a sua casa ao longe, hesitando entre lá ir ou não ir, não sabe o que fazer nem para onde fugir e só deseja a morte.



Nota geral


Descrição

Cantiga de Amor
Mestria
Cobras doblas
Palavra(s)-rima: ca lhe(u) queria (gram) bem, é (v. 2 de cada estrofe); nom lhe pesava en, per bõa fé (v. 3); veer, partir (v. 7); dizer, ir (v. 8)
Dobre: senhor, melhor, par, o logar (vv. 1 e 4 de cada estrofe)
(Saber mais)


Fontes manuscritas

A 110, B 219

Cancioneiro da Ajuda - A 110

Cancioneiro da Biblioteca Nacional - B 219


Versões musicais

Originais

Desconhecidas

Contrafactum

Desconhecidas

Composição/Recriação moderna

Desconhecidas