Toponímia referida na cantiga:
  (linha 1)

Rui Pais de Ribela


A donzela de Biscaia      ←
ainda mi a preito saia      ←
       de noit'ou lũar!      ←
  
Pois m'agora assi desdenha,      ←
5ainda mi a preito venha      ←
       de noit'ou lũar!      ←
  
Pois dela sõo maltreito,      ←
ainda mi venha a preito      ←
       de noit'ou lũar!      ←



 ----- Aumentar letra ----- Diminuir letra

Nota geral:

Outra pequena e maliciosa cantiga que, pelo refrão que apresenta, talvez pudesse igualmente ser uma cantiga de seguir (talvez a partir de uma cantiga popular).



Nota geral


Descrição

Cantiga de Escárnio e maldizer
Refrão
Cobras singulares
(Saber mais)


Fontes manuscritas

B 1435, V 1045

Cancioneiro da Biblioteca Nacional - B 1435

Cancioneiro da Vaticana - V 1045


Versões musicais

Originais

Desconhecidas

Contrafactum

Desconhecidas

Composição/Recriação moderna

Cantiga de amor em forma de cantiga de vilão      versão audio disponível

Versão de Luís Cília