Cancioneiro da Vaticana

Folios:  início - 100  |  101 - 200
Folios:  início - 100
Página manuscrita Cantigas da página manuscrita
Lacuna
Folio 1ºV 1 - Muitos vej'eu que, com mêngua de sem, Amor, Fernão Gonçalves de Seabra
V 2 - Quand'eu, mia senhor, convosco falei, Amor, Pero Gomes Barroso
Folio 2ºV 569 - A mia senhor, que eu mais doutra rem, Amor, Pero da Ponte ou Sancho Sanches
V 5 - Senhor, que grav'hoj'a mi é, Amor, Afonso Lopes de Baião
V 6 - O meu Senhor [Deus] me guisou , Amor, Afonso Lopes de Baião
Folio 2ºvV 6 - O meu Senhor [Deus] me guisou , Amor, Afonso Lopes de Baião
V 7 - Quant'há, senhor, que m'eu quitei, Amor, Mem Rodrigues Tenoiro
Dois folios em branco
Folio 3ºV 8 - Senhor fremosa, pois m'aqui, Amor, Mem Rodrigues Tenoiro ou Afonso Fernandes Cebolhilha
V 9 - Se eu podess'ir u mia senhor é, Amor, Mem Rodrigues Tenoiro ou Afonso Fernandes Cebolhilha
Folio 3ºvV 10 - Quer'eu agora já meu coraçom, Amor, Mem Rodrigues Tenoiro ou Afonso Fernandes Cebolhilha
V 11 - Senhor fremosa, creede per mi, Amor, Mem Rodrigues Tenoiro ou Afonso Fernandes Cebolhilha
Folio 4ºV 11 - Senhor fremosa, creede per mi, Amor, Mem Rodrigues Tenoiro ou Afonso Fernandes Cebolhilha
V 12 - Quando m'eu mui triste de mia senhor, Amor, Mem Rodrigues Tenoiro ou Afonso Fernandes Cebolhilha
Folio 4ºvV 13 - Ir-vos queredes, amigo, daquém, Amigo, Mem Rodrigues Tenoiro ou Afonso Fernandes Cebolhilha
V 14bis - - Juïão, quero contigo fazer, Tenção, Mem Rodrigues Tenoiro, Juião Bolseiro
Folio 5ºV 14bis - - Juïão, quero contigo fazer, Tenção, Mem Rodrigues Tenoiro, Juião Bolseiro
V 15 - Senhor fremosa, des quando vos vi, Amor, Afonso Fernandes Cebolhilha
Folio 5ºvV 15 - Senhor fremosa, des quando vos vi, Amor, Afonso Fernandes Cebolhilha
V 16 - Mui gram sabor havedes, mia senhor, Amor, Afonso Fernandes Cebolhilha
V 17 - Muitos me dizem que servi doado, Amor, Afonso Sanches
Folio 6ºV 17 - Muitos me dizem que servi doado, Amor, Afonso Sanches
V 18 - De vos servir, mia senhor, nom me val, Amor, Afonso Sanches
V 19 - Pero eu dixe, mia senhor, Amor, Afonso Sanches
V 20 - Sempre vos eu doutra rem mais amei, Amor, Afonso Sanches
Folio 6ºvV 20 - Sempre vos eu doutra rem mais amei, Amor, Afonso Sanches
V 21 - Vedes, amigos, que de perdas hei, Amor, Afonso Sanches
V 22 - Estes que m'ora tolhem mia senhor, Género incerto, Afonso Sanches
V 23 - Tam grave dia que vos conhoci, Amor, Afonso Sanches
V 24 - Mia senhor, quem me vos guarda, Género incerto, Afonso Sanches
Folio 7ºV 24 - Mia senhor, quem me vos guarda, Género incerto, Afonso Sanches
V 25 - Pois que vós per i mais valer cuidades, Escárnio e Maldizer, Afonso Sanches
V 26 - Conhocedes a donzela, Escárnio e Maldizer, Afonso Sanches
Folio 7ºvV 26 - Conhocedes a donzela, Escárnio e Maldizer, Afonso Sanches
V 27 - - Vaasco Martins, pois vós trabalhades, Tenção, Afonso Sanches, Vasco Martins de Resende
V 28 - Queixei-m'eu destes olhos meus, Amor, João Garcia de Guilhade
Folio 8ºV 28 - Queixei-m'eu destes olhos meus, Amor, João Garcia de Guilhade
V 29=38 - Que muitos me preguntarám, Amor, João Garcia de Guilhade
V 30 - Amigos, nom poss'eu negar, Amor, João Garcia de Guilhade
V 31/32 - - Senhor, veedes-me morrer, Amor, João Garcia de Guilhade
Folio 8ºvV 31/32 - - Senhor, veedes-me morrer, Amor, João Garcia de Guilhade
V 33 - U m'eu parti d'u m'eu parti, Amor, João Garcia de Guilhade
V 34 - A bõa dona por que eu trobava, Amor, João Garcia de Guilhade
V 35 - Amigos, quero-vos dizer, Amor, João Garcia de Guilhade
Folio 9ºV 35 - Amigos, quero-vos dizer, Amor, João Garcia de Guilhade
V 36 - Quantos ham gram coita d'amor, Amor, João Garcia de Guilhade
V 37 - Deus! Como se forom perder e matar, Género incerto, João Garcia de Guilhade
Folio 9ºvV 29=38 - Que muitos me preguntarám, Amor, João Garcia de Guilhade
V 39 - A mia senhor já lh'eu muito neguei, Amor, João Garcia de Guilhade
V 40 - - Vedes, senhor: quero-vos eu tal bem, Amor, Estêvão Faião
V 41 - Senhor fremosa, des que vos amei, Amor, Estêvão Faião
Folio 10ºV 41 - Senhor fremosa, des que vos amei, Amor, Estêvão Faião
V 42 - Muit'ando triste no meu coraçom, Amor, João Vasques de Talaveira
V 43 - Parti-m'eu de vós, mia senhor, Amor, João Vasques de Talaveira
V 44 - Meus amigos, muit'estava eu bem, Amor, João Vasques de Talaveira
V 45 - Estes que ora dizem, mia senhor, Amor, João Vasques de Talaveira
Folio 10ºvV 45 - Estes que ora dizem, mia senhor, Amor, João Vasques de Talaveira
V 46 - Pois Deus nom quer que eu rem possa haver, Amor, Fernão Velho
V 47 - Quant'eu de vós, mia senhor, receei, Amor, Fernão Velho
V 48 - Senhor que eu por meu mal vi, Amor, Fernão Velho
Um folio em branco
Folio 1V 48 - Senhor que eu por meu mal vi, Amor, Fernão Velho
V 49 - A maior coita que eu vi sofrer, Amor, Fernão Velho
V 50 - Nostro Senhor, que eu sempre roguei, Amor, Fernão Velho
V 51 - Muitos vej'eu per mi maravilhar, Amor, Fernão Velho
Folio 1vV 51 - Muitos vej'eu per mi maravilhar, Amor, Fernão Velho
V 52 - Senhor, o mal que mi a mi faz Amor, Amor, Fernão Velho
V 53 - Meus amigos, muito mi praz d'Amor, Amor, Fernão Velho
V 54 - Por mal de mi me fez Deus tant'amar, Amor, Fernão Velho
Folio 2V 54 - Por mal de mi me fez Deus tant'amar, Amor, Fernão Velho
V 55 - A dona que eu vi por meu, Amor, Airas Veaz ou Fernão Gonçalves de Seabra
V 56 - Senhor fremosa, por meu mal , Amor, Airas Veaz
V 57 - Par Deus, senhor, gram dereito per é, Amor, Airas Veaz
Lacuna
Folio 2vV 57 - Par Deus, senhor, gram dereito per é, Amor, Airas Veaz
V 58 - Sempr'eu punhei de servir mia senhor, Amor, Vasco Peres Pardal
V 59 - Senhor, des quand'em vós cuidei, Amor, Vasco Peres Pardal
V 60 - Muito bem mi podia Amor fazer, Amor, Vasco Peres Pardal
Lacuna
Folio 3V 60 - Muito bem mi podia Amor fazer, Amor, Vasco Peres Pardal
Folio 4V 64 - Joam Rodriguiz foi desmar a Balteira, Escárnio e Maldizer, Afonso X
V 65 - Ansur Moniz, muit'houve gram pesar, Escárnio e Maldizer, Afonso X
V 66 - Senhor, justiça viimos pedir, Escárnio e Maldizer, Afonso X
Folio 4vV 67 - Fui eu poer a mão noutro di-, Escárnio e Maldizer, Afonso X
V 68 - Pero da Pont'há feito gram pecado, Escárnio e Maldizer, Afonso X
V 69 - Dom Foão, quand'ogano i chegou, Escárnio e Maldizer, Afonso X
Folio 5V 69 - Dom Foão, quand'ogano i chegou, Escárnio e Maldizer, Afonso X
V 70 - Pero da Ponte, paro-vos sinal, Escárnio e Maldizer, Afonso X
V 71 - Cítola vi [or']andar-se queixando, Escárnio e Maldizer, Afonso X
Folio 6V 74 - O genete, Escárnio e Maldizer, Afonso X
V 75 - De grado queria ora saber, Escárnio e Maldizer, Afonso X
V 76 - Ao daiam de Cález eu achei, Escárnio e Maldizer, Afonso X
Folio 6vV 76 - Ao daiam de Cález eu achei, Escárnio e Maldizer, Afonso X
V 77 - O que foi passar a serra, Escárnio e Maldizer, Afonso X
V 78 - Domingas Eanes houve sa baralha, Escárnio e Maldizer, Afonso X
Folio 7V 78 - Domingas Eanes houve sa baralha, Escárnio e Maldizer, Afonso X
V 79 - O que da guerra levou cavaleiros, Escárnio e Maldizer, Afonso X
Folio 7vV 79 - O que da guerra levou cavaleiros, Escárnio e Maldizer, Afonso X
V 80 - Praz-m'a mi, senhor, de morrer, Amor, D. Dinis
V 81 - Oimais quer'eu já leixá'lo trobar, Amor, D. Dinis
Folio 8V 82 - Se hoj'em vós há nẽum mal, senhor, Amor, D. Dinis
V 83 - Que razom cuidades vós, mia senhor, Amor, D. Dinis
V 84 - Quant'eu, fremosa mia senhor, Amor, D. Dinis
Folio 8vV 85 - Vós mi defendestes, senhor,, Amor, D. Dinis
V 86 - Como me Deus aguisou que vivesse, Amor, D. Dinis
V 87 - Nunca Deus fez tal coita qual eu hei, Amor, D. Dinis
Folio 9V 88 - Da mia senhor que eu servi, Amor, D. Dinis
V 89 - Em gram coita, senhor, Amor, D. Dinis
V 90 - Senhor, pois que m'agora Deus guisou, Amor, D. Dinis
V 91 - Pois mia ventura tal é já, Amor, D. Dinis
Folio 9vV 91 - Pois mia ventura tal é já, Amor, D. Dinis
V 92 - Senhor, dizem-vos por meu mal, Amor, D. Dinis
V 93 - Tam muito mal mi fazedes, senhor, Amor, D. Dinis
V 94 - Grave vos é de que vos hei amor, Amor, D. Dinis
Folio 10V 94 - Grave vos é de que vos hei amor, Amor, D. Dinis
V 95 - Pois que vos Deus fez, mia senhor, Amor, D. Dinis
V 96 - Senhor, des quando vos vi, Amor, D. Dinis
Folio 10vV 97 - Um tal home sei eu, ai bem talhada, Amor, D. Dinis
V 98 - Pero que eu mui long'estou, Amor, D. Dinis
V 99 - Sempr'eu, mia senhor, desejei, Amor, D. Dinis
V 100 - Se eu podess'ora meu coraçom, Amor, D. Dinis
Folio 11V 100 - Se eu podess'ora meu coraçom, Amor, D. Dinis
V 101 - Quant'há, senhor, que m'eu de vós parti, Amor, D. Dinis
V 102 - Ũa pastor se queixava, Pastorela, D. Dinis
Folio 11vV 102 - Ũa pastor se queixava, Pastorela, D. Dinis
V 103 - Ora vej'eu bem, mia senhor, Amor, D. Dinis
V 104 - Quem vos mui bem visse, senhor, Amor, D. Dinis
V 105 - Nostro Senhor, hajades bom grado, Amor, D. Dinis
Folio 12V 105 - Nostro Senhor, hajades bom grado, Amor, D. Dinis
V 106 - A mia senhor que eu por mal de mi, Amor, D. Dinis
V 107 - Pois que vos Deus, amigo, quer guisar, Amor, D. Dinis
V 108 - A tal estado m'adusse, senhor, Amor, D. Dinis
Folio 12vV 108 - A tal estado m'adusse, senhor, Amor, D. Dinis
V 109 - O que vos nunca cuidei a dizer, Amor, D. Dinis
V 110 - Que mui gram prazer que eu hei, senhor, Amor, D. Dinis
V 111 - Senhor fremosa, nom poss'eu osmar, Amor, D. Dinis
Folio 13V 111 - Senhor fremosa, nom poss'eu osmar, Amor, D. Dinis
V 112 - Nom sei como me salv'a mia senhor, Amor, D. Dinis
V 113 - Quix bem, amigos, e quer'e querrei, Amor, D. Dinis
V 114 - Senhor, nom vos pês se me guisar Deus, Amor, D. Dinis
Folio 13vV 114 - Senhor, nom vos pês se me guisar Deus, Amor, D. Dinis
V 115 - Senhor fremosa e de mui loução, Amor, D. Dinis
V 116=174 - O voss'amigo tam de coraçom, Amigo, D. Dinis
V 117 - Ora, senhor, nom poss'eu já, Amor, D. Dinis
Folio 14V 118 - Senhor, hoj'houvesse eu vagar, Amor, D. Dinis
V 119 - Que soidade de mia senhor hei, Amor, D. Dinis
V 120 - Pero eu dizer quisesse, Amor, D. Dinis
Folio 14vV 121 - Ai senhor fremosa, por Deus, Amor, D. Dinis
V 122 - Senhor fremosa, por qual vos Deus fez, Amor, D. Dinis
V 123 - Quer'eu em maneira de proençal, Amor, D. Dinis
Folio 15V 124 - Mesura seria, senhor, Amor, D. Dinis
V 125 - Que estranho que m'é, senhor, Amor, D. Dinis
V 126 - Senhor, cuitad'é o meu coraçom, Amor, D. Dinis
V 127 - Proençaes soem mui bem trobar, Amor, D. Dinis
Folio 15vV 127 - Proençaes soem mui bem trobar, Amor, D. Dinis
V 128 - Preguntar-vos quero, por Deus, Amor, D. Dinis
V 129 - De muitas coitas, senhor, que levei, Amor, D. Dinis
V 130 - Nostro Senhor, se haverei guisado, Amor, D. Dinis
Folio 16V 130 - Nostro Senhor, se haverei guisado, Amor, D. Dinis
V 131 - Senhor, pois me nom queredes, Amor, D. Dinis
V 132 - Que grave coita, senhor, é, Amor, D. Dinis
Folio 16vV 133 - De mi vós fazerdes, senhor, Amor, D. Dinis
V 134 - Assi me trax coitado, Amor, D. Dinis
V 135 - O gram viç'e o gram sabor, Amor, D. Dinis
Folio 17V 135 - O gram viç'e o gram sabor, Amor, D. Dinis
V 136 - Senhor, que de grad'hoj'eu querria, Amor, D. Dinis
V 137 - Ũa pastor bem talhada, Pastorela, D. Dinis
Folio 17vV 138 - Senhor fremosa, pois no coraçom, Amor, D. Dinis
V 139 - Nunca vos ousei a dizer, Amor, D. Dinis
V 140 - Bem me podedes vós, senhor, Amor, D. Dinis
Folio 18V 141 - Pois ante vós estou aqui, Amor, D. Dinis
V 142 - Senhor, que mal vos nembrades, Amor, D. Dinis
V 143 - Amor, em que grave dia vos vi, Amor, D. Dinis
Folio 18vV 143 - Amor, em que grave dia vos vi, Amor, D. Dinis
V 144 - Que prazer havedes, senhor, Amor, D. Dinis
V 145 - Senhor, que bem parecedes, Amor, D. Dinis
V 146 - Senhor fremosa, vejo-vos queixar, Amor, D. Dinis
Folio 19V 146 - Senhor fremosa, vejo-vos queixar, Amor, D. Dinis
V 147 - Amor fez a mim amar, Amor, D. Dinis
V 148 - Punh'eu, senhor, quanto poss'em quitar, Amor, D. Dinis
Folio 19vV 148 - Punh'eu, senhor, quanto poss'em quitar, Amor, D. Dinis
V 149 - De mi valerdes seria, senhor, Amor, D. Dinis
V 150 - Vi hoj'eu cantar d'amor, Pastorela, D. Dinis
Folio 20V 150 - Vi hoj'eu cantar d'amor, Pastorela, D. Dinis
V 151 - Quand'eu bem meto femença, Amor, D. Dinis
V 152 - Senhor, aquel que sempre sofre mal, Amor, D. Dinis
V 153 - Senhor, em tam grave dia, Amor, D. Dinis
V 154 - Por Deus, senhor, pois per vós nom ficou, Amor, D. Dinis
Folio 20vV 154 - Por Deus, senhor, pois per vós nom ficou, Amor, D. Dinis
V 155 - Senhor, eu vivo coitada, Amor, D. Dinis
V 156 - Bem entendi, meu amigo, Amigo, D. Dinis
V 157 - Amiga, muit'há gram sazom, Amigo, D. Dinis
Folio 21V 157 - Amiga, muit'há gram sazom, Amigo, D. Dinis
V 158 - Que trist'hoj'é meu amigo, Amigo, D. Dinis
V 159 - Dos que ora som na hoste, Amigo, D. Dinis
V 160 - Que muit'há já que nom vejo, Amigo, D. Dinis
Folio 21vV 160 - Que muit'há já que nom vejo, Amigo, D. Dinis
V 161 - Chegou-m'ora aqui recado, Amigo, D. Dinis
V 162 - O meu amig', amiga, nom quer'eu, Amigo, D. Dinis
V 163 - Amiga, bom grad'haja Deus, Amigo, D. Dinis
Folio 22V 164 - Vós, que vos em vossos cantares meu, Amigo, D. Dinis
V 165 - Roga-m'hoje, filha, o voss'amigo, Amigo, D. Dinis
V 166 - Pesar mi fez meu amigo, Amigo, D. Dinis
Folio 22vV 167 - Amiga, sei eu bem d'ũa molher, Amigo, D. Dinis
V 168 - Bom dia vi amigo, Amigo, D. Dinis
V 169 - Nom chegou, madr', o meu amigo, Amigo, D. Dinis
Folio 23V 170 - - De que morredes, filha, a do corpo velido?, Amigo, D. Dinis
V 171 - - Ai flores, ai flores do verde pino, Amigo, D. Dinis
V 172 - Levantou-s'a velida, Amigo, D. Dinis
Folio 23vV 172 - Levantou-s'a velida, Amigo, D. Dinis
V 173 - Amad'e meu amigo, Amigo, D. Dinis
V 175 - Com'ousará parecer ante mi, Amigo, D. Dinis
V 116=174 - O voss'amigo tam de coraçom, Amigo, D. Dinis
V 176 - - Em grave dia, senhor, que vos oí, Amor, D. Dinis
Folio 24V 176 - - Em grave dia, senhor, que vos oí, Amor, D. Dinis
V 177 - - Amiga, faço-me maravilhada, Amigo, D. Dinis
V 178 - O voss'amig', amiga, vi andar, Amigo, D. Dinis
Folio 24vV 178 - O voss'amig', amiga, vi andar, Amigo, D. Dinis
V 179 - - Amigo, queredes-vos ir?, Amigo, D. Dinis
V 180 - - Dizede por Deus, amigo, Amigo, D. Dinis
V 181 - - Nom poss'eu, meu amigo, Amigo, D. Dinis
Folio 25V 181 - - Nom poss'eu, meu amigo, Amigo, D. Dinis
V 182 - Por Deus, amigo, quem cuidaria, Amigo, D. Dinis
V 183 - O meu amigo há de mal assaz, Amigo, D. Dinis
V 184 - Meu amigo, nom poss'eu guarecer, Amigo, D. Dinis
Folio 25vV 184 - Meu amigo, nom poss'eu guarecer, Amigo, D. Dinis
V 185 - Que coita houvestes, madr'e senhor, Amigo, D. Dinis
V 186 - Amig'e fals'e desleal, Amigo, D. Dinis
V 187 - Meu amigo vem hoj'aqui, Amigo, D. Dinis
Folio 26V 188 - Quisera vosco falar de grado, Amigo, D. Dinis
V 189 - Vi-vos, madre, com meu amig'aqui, Amigo, D. Dinis
V 190 - Gram temp'há, meu amigo, que nom quis Deus, Amigo, D. Dinis
Folio 26vV 191 - Valer-vos-ia, amig'e [meu bem], Amigo, D. Dinis
V 192 - Pera veer meu amigo, Amigo, D. Dinis
V 193 - Chegou-m', amiga, recado, Amigo, D. Dinis
V 194 - De morrerdes por mi gram dereit'é, Amigo, D. Dinis
Folio 27V 194 - De morrerdes por mi gram dereit'é, Amigo, D. Dinis
V 195 - Mia madre velida, Amigo, D. Dinis
V 196 - Coitada viv', amigo, porque vos nom vejo, Amigo, D. Dinis
V 197 - O voss'amig', ai amiga, Amigo, D. Dinis
Folio 27vV 197 - O voss'amig', ai amiga, Amigo, D. Dinis
V 198 - Ai fals'amig'e sem lealdade, Amigo, D. Dinis
V 199 - Meu amig', u eu sejo, Amigo, D. Dinis
V 200 - Por Deus, punhade de veerdes meu, Amigo, D. Dinis
Folio 28V 203 - Pois que diz meu amigo, Amigo, D. Dinis
V 200 - Por Deus, punhade de veerdes meu, Amigo, D. Dinis
V 201 - Amiga, quem vos [ama], Amigo, D. Dinis
V 202 - Amigo, pois vos nom vi, Amigo, D. Dinis
Folio 28vV 203 - Pois que diz meu amigo, Amigo, D. Dinis
V 204 - Por Deus, amiga, pês-vos do gram mal, Amigo, D. Dinis
V 205 - Falou-m'hoj'o meu amigo, Amigo, D. Dinis
V 206 - Vai-s'o meu amig'alhur sem mi morar, Amigo, D. Dinis
Folio 29V 206 - Vai-s'o meu amig'alhur sem mi morar, Amigo, D. Dinis
V 207 - Nom sei hoj', amigo, quem padecesse, Amigo, D. Dinis
V 208 - (Pero muito amo, muito nom desejo), Espúria, Anónimo - cantigas espúrias
Folio 29vV 209 - (En un tiempo cogi flores), Espúria, Afonso XI
V 210 - Que muito bem me fez Nostro Senhor, Amor, Pedro, conde de Barcelos
Folio 30V 210 - Que muito bem me fez Nostro Senhor, Amor, Pedro, conde de Barcelos
V 211 - Nom quer'a Deus por mia morte rogar, Género incerto, Pedro, conde de Barcelos
V 212 - Tal sazom foi em que eu já perdi , Amor, Pedro, conde de Barcelos
Folio 30vV 213 - Nom me poss'eu de morte defender, Amor, Pedro, conde de Barcelos
V 214 - De vós, senhor, quer'eu dizer verdade, Escárnio e Maldizer, Pero Larouco
V 215 - Nom há, meu padre, a quem peça, Escárnio e Maldizer, Pero Larouco
V 215bis - O que me d'Ensar corrudo, Escárnio e Maldizer, Pero Larouco
Folio 31V 216 - Estes que agora, madre, aqui som, Amigo, Estêvão Fernandes d'Elvas
V 217 - Ai boa dona, se Deus vos perdom, Amor, Estêvão Fernandes d'Elvas
V 218 - A mia senhor fezo Deus por meu mal, Amor, Estêvão Fernandes d'Elvas
V 219 - Ouç[o] eu dizer um verv'aguis[a]do, Amor, Estêvão Fernandes d'Elvas
Folio 31vV 219 - Ouç[o] eu dizer um verv'aguis[a]do, Amor, Estêvão Fernandes d'Elvas
V 220 - Ora, senhor, tenho muit'aguisado, Amor, Estêvão da Guarda
Folio 32V 221 - Por partir pesar que [eu] sempre vi, Amor, Estêvão da Guarda
V 222 - Sempr'eu, senhor, mia morte receei, Amor, Estêvão da Guarda
V 223 - Ouç'eu muitos d'Amor que[i]xar, Amor, Estêvão da Guarda
Folio 32vV 223 - Ouç'eu muitos d'Amor que[i]xar, Amor, Estêvão da Guarda
V 224 - Estraĩa vida viv'hoj'eu, senhor, Amor, Estêvão da Guarda
V 225 - Do que bem serve sempr'oí dizer, Amor, Estêvão da Guarda
V 226 - Nostro Senhor! e ora que será, Amor, Pero de Ornelas
Folio 33V 226 - Nostro Senhor! e ora que será, Amor, Pero de Ornelas
V 227 - Perdud'hei, madre, cuid'eu, meu amigo, Amigo, Fernão Rodrigues de Calheiros
V 228 - Que farei agor', amigo, Amigo, Fernão Rodrigues de Calheiros
V 229 - Agora vem o meu amigo, Amigo, Fernão Rodrigues de Calheiros
Folio 33vV 230 - Direi-vos agor', amigo, camanho temp'há passado, Amigo, Fernão Rodrigues de Calheiros
V 231 - Assanhei-m'eu muit'a meu amigo, Amigo, Fernão Rodrigues de Calheiros
V 232 - Estava meu amig'atenden[d]'e chegou, Amigo, Fernão Rodrigues de Calheiros
V 233 - Madre, passou per aqui um cavaleiro, Amigo, Fernão Rodrigues de Calheiros
V 234 - Disse-mi a mi meu amigo, quando s'ora foi sa via, Amigo, Fernão Rodrigues de Calheiros
Folio 34V 234 - Disse-mi a mi meu amigo, quando s'ora foi sa via, Amigo, Fernão Rodrigues de Calheiros
V 235 - Sabedes quant'há, 'migo, que m'eu vosco veer, Amigo, Vasco Praga de Sandim
V 236 - Cuidades vós, meu amigo, ca vos nom quer'eu mui gram bem, Amigo, Vasco Praga de Sandim
V 237 - Meu amigo, pois vós tam gram pesar, Amigo, Vasco Praga de Sandim
Folio 34vV 237 - Meu amigo, pois vós tam gram pesar, Amigo, Vasco Praga de Sandim
V 238 - Quando vos eu, meu amig'e meu bem, Amigo, Vasco Praga de Sandim
V 239 - O meu amigo, que mi dizia, Amigo, Paio Soares de Taveirós
V 240 - Donas, veredes a prol que lhi tem, Amigo, Paio Soares de Taveirós
V 241 - Quando se foi meu amigo, Amigo, Afonso Anes do Cotom ou Paio Soares de Taveirós
Folio 35V 241 - Quando se foi meu amigo, Amigo, Afonso Anes do Cotom ou Paio Soares de Taveirós
V 242 - Levad', amigo que dormide'las manhanas frias, Amigo, Nuno Fernandes Torneol
V 243 - Aqui vej'eu, filha, o voss'amigo, Amigo, Nuno Fernandes Torneol
V 244 - Ai madr', o meu amigo que nom vi, Amigo, Nuno Fernandes Torneol
Folio 35vV 244 - Ai madr', o meu amigo que nom vi, Amigo, Nuno Fernandes Torneol
V 245 - Que coita tamanha hei a sofrer, Amigo, Nuno Fernandes Torneol
V 246 - Vi eu, mia madr', andar, Amigo, Nuno Fernandes Torneol
V 247 - Trist'anda, mia madr[e], o meu amigo, Amigo, Nuno Fernandes Torneol
V 248 - Foi-s'um dia meu amigo daqui, Amigo, Nuno Fernandes Torneol
Folio 36V 249 - - Dizede-m'ora, filha, por Santa Maria, Amigo, Nuno Fernandes Torneol, Estêvão da Guarda
V 250 - Ai madre, bem vos digo, Amigo, Pero Garcia Burgalês
V 251 - Nom vos nembra, meu amigo, Amigo, Pero Garcia Burgalês
V 252 - - Se eu, mia filha, for, Amigo, João Nunes Camanês
V 253 - Vistes, filha, noutro dia, Amigo, João Nunes Camanês
Folio 36vV 253 - Vistes, filha, noutro dia, Amigo, João Nunes Camanês
V 254 - Par Deus, amigo, muit'há gram sazom, Amigo, João Nunes Camanês
V 255 - Id', ai mia madre, vee'lo meu amigo, Amigo, João Nunes Camanês
V 256 - Par Deus, donas, quando veer, Amigo, João Nunes Camanês
V 257 - Chegades, amiga, d'u é meu amigo, Amigo, Airas Carpancho
Folio 37V 258 - Tanto sei eu de mi parte quant'é de meu coraçom, Amigo, Airas Carpancho
V 259 - Madre velida, meu amigo vi, Amigo, Airas Carpancho
V 260 - A maior coita que eu no mund'hei, Amigo, Airas Carpancho
V 261 - - Que me mandades, ai madre, fazer, Amigo, Airas Carpancho
Folio 37v em branco
Folio 38V 261 - - Que me mandades, ai madre, fazer, Amigo, Airas Carpancho
V 262 - Madre, pois vós desamor havedes, Amigo, Airas Carpancho
V 263/264 - Molher com'eu nom vive, coitada:, Amigo, Airas Carpancho
V 265 - Por fazer romaria pug'em meu coraçom, Amigo, Airas Carpancho
V 266 - Irmãa, o meu amigo, que mi quer bem de coraçom , Amigo, Vasco Gil
Folio 38v em branco
Folio 39V 266 - Irmãa, o meu amigo, que mi quer bem de coraçom , Amigo, Vasco Gil
V 267 - Quando se foi noutro dia daqui, Amigo, Vasco Gil
V 268 - Cuidades vós, meu amigo, ũa rem:, Amigo, João Peres de Aboim
V 269 - Vistes, madre, quando meu amigo, Amigo, João Peres de Aboim
Folio 39v em branco
Folio 40V 269 - Vistes, madre, quando meu amigo, Amigo, João Peres de Aboim
V 270 - Que bõas novas que hoj'oirá, Amigo, João Peres de Aboim
V 271 - Par Deus, amigo, nunca eu cuidei, Amigo, João Peres de Aboim
V 272 - Dized', amigo, em que vos mereci, Amigo, João Peres de Aboim
Folio 40v em branco
Folio 41V 272 - Dized', amigo, em que vos mereci, Amigo, João Peres de Aboim
V 273 - Disserom-mi ora de vós ũa rem, Amigo, João Peres de Aboim
V 274 - Pero vos ides, amigo, Amigo, João Peres de Aboim
V 275 - Amigo, pois me leixades, Amigo, João Peres de Aboim
Folio 41v em branco
Folio 42V 275 - Amigo, pois me leixades, Amigo, João Peres de Aboim
V 276 - Amig'houv'eu a que queria bem, Amigo, João Peres de Aboim
Folio 42v em branco
Folio 43V 277 - O por que sempre mia madre roguei, Amigo, João Peres de Aboim
V 278 - Cavalgava noutro dia, Pastorela, João Peres de Aboim
V 279 - Muitos vej'eu que se fazem de mi, Amor, Anónimo 2 ou João Peres de Aboim
Folio 43v em branco
Folio 44V 280 - Per bõa fé, mui fremosa sanhuda, Amigo, João Soares Coelho
V 282 - Foi-s'o meu amigo daqui noutro dia, Amigo, João Soares Coelho
V 282 - Amigo, queixum'havedes, Amigo, João Soares Coelho
V 283 - Ai madr,'o que eu quero bem, Amigo, João Soares Coelho
Folio 44v em branco
Folio 45V 283 - Ai madr,'o que eu quero bem, Amigo, João Soares Coelho
V 284 - Hoje quer'eu meu amigo veer, Amigo, João Soares Coelho
V 285 - Falei um dia, por me baralhar, Amigo, João Soares Coelho
V 286 - Amigo, pois me vos aqui, Amigo, João Soares Coelho
Folio 45v em branco
Folio 46V 287 - Amigas, por Nostro Senhor, Amigo, João Soares Coelho
V 288 - Vedes, amigas, meu amigo vem, Amigo, João Soares Coelho
V 289 - - Filha, direi-vos ũa rem, Amigo, João Soares Coelho
V 290 - Ai meu amigo, se [vós] vejades, Amigo, João Soares Coelho
Folio 46v em branco
Folio 47V 290 - Ai meu amigo, se [vós] vejades, Amigo, João Soares Coelho
V 291 - Fui eu, madre, lavar meus cabelos, Amigo, João Soares Coelho
V 292 - Ai Deus, a vó'lo digo:, Amigo, João Soares Coelho
V 293 - Fremosas, a Deus louvado, com tam muito bem como hoj'hei, Amigo, João Soares Coelho
V 293bis - Agora me foi mia madre melhor, Amigo, João Soares Coelho
V 294 - Amigo, se bem hajades, Amigo, Estêvão Reimondo
Folio 47v em branco
Folio 48V 294 - Amigo, se bem hajades, Amigo, Estêvão Reimondo
V 295 - Anda triste o meu amigo, Amigo, Estêvão Reimondo
Folio 48vV 296 - Oí ora dizer que vem, Amigo, João Lopes de Ulhoa
V 297 - Ai Deus, u é meu amigo, Amigo, João Lopes de Ulhoa
Folio 49V 297 - Ai Deus, u é meu amigo, Amigo, João Lopes de Ulhoa
V 298 - Que trist'hoj'eu and'e faço gram razom:, Amigo, João Lopes de Ulhoa
V 299 - Eu fiz mal sem qual nunca fez molher, Amigo, João Lopes de Ulhoa
V 300 - Já eu sempre mentre viva for, viverei mui coitada, Amigo, João Lopes de Ulhoa
Folio 49vV 300 - Já eu sempre mentre viva for, viverei mui coitada, Amigo, João Lopes de Ulhoa
V 301 - Eu nunca dórmio nada, cuidand'em meu amigo, Amigo, João Lopes de Ulhoa
V 302 - Que mi queredes, ai madr'e senhor?, Amigo, João Lopes de Ulhoa
V 303 - Amig', e nom vos nembrades, Amigo, Fernão Fernandes Cogominho
Folio 50V 303 - Amig', e nom vos nembrades, Amigo, Fernão Fernandes Cogominho
V 304 - Ir quer'hoj'eu, madre, se vos prouguer, Amigo, Fernão Fernandes Cogominho
V 305 - Amiga, muit'há que nom sei, Amigo, Fernão Fernandes Cogominho
V 306 - Meu amigo, se vejades, Amigo, Fernão Fernandes Cogominho
V 307 - Que leda que hoj'eu sejo, Amigo, Gonçalo Anes do Vinhal
Folio 50vV 308 - Par Deus, amiga, quant'eu receei, Amigo, Gonçalo Anes do Vinhal
V 309 - Quand'eu sobi nas torres sôbe'lo mar, Amigo, Gonçalo Anes do Vinhal
V 310 - O meu amigo, que me quer gram bem, Amigo, Gonçalo Anes do Vinhal
Folio 51V 310 - O meu amigo, que me quer gram bem, Amigo, Gonçalo Anes do Vinhal
V 311 - Amiga, por Deus, vos venh'ora rogar, Amigo, Gonçalo Anes do Vinhal
V 312 - O meu amigo queixa-se de mi, Amigo, Gonçalo Anes do Vinhal
V 313 - Meu amig'é daquend'ido, Amigo, Gonçalo Anes do Vinhal
Folio 51vV 313 - Meu amig'é daquend'ido, Amigo, Gonçalo Anes do Vinhal
V 314 - O meu amig', ai amiga, Amigo, Rui Queimado
V 315 - Quando meu amigo souber, Amigo, Rui Queimado
V 316 - Dize[m]-mi ora que nom verrá, Amigo, Rui Queimado
Folio 52V 317 - Pois que vos eu quero mui gram bem, Amigo, Mem Rodrigues Tenoiro
V 318 - - Amigo, pois mi dizedes, Amigo, Mem Rodrigues Tenoiro
V 319 - Ir-vos queredes, amigo, daquém, Amigo, Mem Rodrigues Tenoiro ou Afonso Fernandes Cebolhilha
V 320 - Quiso-m'hoj'um cavaleiro dizer, Amigo, Mem Rodrigues Tenoiro
Folio 52vV 320 - Quiso-m'hoj'um cavaleiro dizer, Amigo, Mem Rodrigues Tenoiro
V 321 - Sedia la fremosa seu sirgo torcendo, Amigo, Estevão Coelho
V 322 - Se hoj'o meu amigo, Amigo, Estevão Coelho
V 323 - Por Deus, amiga, que preguntedes, Amigo, Estêvão Travanca
Folio 53V 324 - Amigas, quando se quitou, Amigo, Estêvão Travanca
V 325 - Se eu a meu amigo dissesse, Amigo, Estêvão Travanca
V 326 - Dizem-mi, amiga, se nom fezer bem, Amigo, Estêvão Travanca
V 327 - O voss'amig', amiga, foi sazom, Amigo, Rodrigo Anes de Vasconcelos
Folio 53vV 327 - O voss'amig', amiga, foi sazom, Amigo, Rodrigo Anes de Vasconcelos
V 328 - Se eu, amiga, quero fazer bem, Amigo, Rodrigo Anes de Vasconcelos
V 329 - O meu amigo nom há de mi al, Amigo, Rodrigo Anes de Vasconcelos
V 330 - Fals'amigo, per bõa fé, Amigo, Afonso Mendes de Besteiros
Folio 54V 331 - Mia madre, venho-vos rogar, Amigo, Afonso Mendes de Besteiros
V 332 - Amigos, nunca mereceu, Amor, Afonso Mendes de Besteiros
V 333 - Amiga, quero-vos eu já dizer, Amigo, Pero Gomes Barroso
V 334 - O meu amigo que é com el-rei, Amigo, Pero Gomes Barroso
Folio 54vV 334 - O meu amigo que é com el-rei, Amigo, Pero Gomes Barroso
V 335 - Direi verdade, se Deus mi perdom, Amigo, Pero Gomes Barroso
V 336 - Pois nossas madres vam a Sam Simom, Amigo, Pero Viviães
V 337 - Por Deus, amiga, punhad'em partir, Amigo, Pero Viviães
Folio 55V 337 - Por Deus, amiga, punhad'em partir, Amigo, Pero Viviães
V 338 - Pero que eu meu amigo roguei, Amigo, Fernão Gonçalves de Seabra
V 339 - Fui eu, fremosa, fazer oraçom, Amigo, Afonso Lopes de Baião
V 340 - Madre, des que se foi daqui, Amigo, Afonso Lopes de Baião
V 341 - Ir quer'hoj'eu, fremosa, de coraçom, Amigo, Afonso Lopes de Baião
Folio 55vV 341 - Ir quer'hoj'eu, fremosa, de coraçom, Amigo, Afonso Lopes de Baião
V 342 - Disserom-mi ũas novas de que m'é mui gram bem, Amigo, Afonso Lopes de Baião
V 343 - Treides todas, ai amigas, comigo, Amigo, João Garcia de Guilhade
V 344 - Por Deus, amigas, que será,, Amigo, João Garcia de Guilhade
Folio 56V 344 - Por Deus, amigas, que será,, Amigo, João Garcia de Guilhade
V 345 - Quer'eu, amigas, o mundo loar, Amigo, João Garcia de Guilhade
V 346 - Sanhud'and[ad]es, amigo, Amigo, João Garcia de Guilhade
V 347 - Amigas, o meu amigo, Amigo, João Garcia de Guilhade
Folio 56vV 348 - Vistes, mias donas: quando noutro dia, Amigo, João Garcia de Guilhade
V 349 - Amigas, tamanha coita, Amigo, João Garcia de Guilhade
V 350 - Par Deus, amigas, já me nom quer bem, Amigo, João Garcia de Guilhade
V 351 - Vi hoj'eu donas mui bem parecer, Amor, João Garcia de Guilhade
Folio 57V 351 - Vi hoj'eu donas mui bem parecer, Amor, João Garcia de Guilhade
V 352 - Amigas, que Deus vos valha, quando veer meu amigo, Amigo, João Garcia de Guilhade
V 353 - Morr'o meu amigo d'amor, Amigo, João Garcia de Guilhade
V 354 - Diss', ai amigas, dom J'am Garcia, Amigo, João Garcia de Guilhade
V 355 - Fostes, amig', hoje vencer, Amigo, João Garcia de Guilhade
Folio 57vV 355 - Fostes, amig', hoje vencer, Amigo, João Garcia de Guilhade
V 356 - Chus mi tarda, mias donas, meu amigo, Amigo, João Garcia de Guilhade
V 357 - Cada que vem o meu amig'aqui, Amigo, João Garcia de Guilhade
V 358 - Per bõa fé, meu amigo, Amigo, João Garcia de Guilhade
Folio 58V 358 - Per bõa fé, meu amigo, Amigo, João Garcia de Guilhade
V 359 - Estas donzelas que aqui demandam, Amigo, João Garcia de Guilhade
V 360 - Fez meu amigo gram pesar a mi, Amigo, João Garcia de Guilhade
V 361 - Fez meu amigo, amigas, seu cantar, Amigo, João Garcia de Guilhade
Folio 58vV 362 - - A voss'amig', amiga, que prol tem, Amigo,
V 363/364 - Havedes vós, amiga, guisado, Amigo, Pero de Ornelas
V 365 - Um ric'home a que um trobador, Escárnio e Maldizer, Afonso Sanches
V 366 - Afons'Afonses, batiçar queredes, Escárnio e Maldizer, Afonso Sanches
V 367 - Quand', amiga, meu amigo veer, Amigo, Afonso Sanches
V 368 - Dizia la fremosinha:, Amigo, Afonso Sanches
Folio 59V 368 - Dizia la fremosinha:, Amigo, Afonso Sanches
V 369 - - Foi-s'ora daqui sanhudo, Amigo, João Garcia de Guilhade
V 370 - Ai amigas, perdud'ham conhocer, Amigo, João Garcia de Guilhade
V 371 - Veestes-me, amigas, rogar, Amigo, João Garcia de Guilhade
Folio 59vV 371 - Veestes-me, amigas, rogar, Amigo, João Garcia de Guilhade
V 372 - Disserom-mi que havia de mi, Amigo, João Vasques de Talaveira
V 373 - O meu amigo, que [eu] sempr'amei, Amigo, João Vasques de Talaveira
V 374 - Quando se foi meu amigo daqui, Amigo, João Vasques de Talaveira
Folio 60V 374 - Quando se foi meu amigo daqui, Amigo, João Vasques de Talaveira
V 375 - Conselhou-mi ũa mia [a]miga, Amigo, João Vasques de Talaveira
V 376 - Do meu amig'a que eu defendi, Amigo, João Vasques de Talaveira
V 377 - Vistes vós, amiga, meu amigo, Amigo, João Vasques de Talaveira
Folio 60vV 378=817 - O meu amigo, que mi gram bem quer, Amigo, João Vasques de Talaveira ou Pedro Amigo de Sevilha
V 377 - Vistes vós, amiga, meu amigo, Amigo, João Vasques de Talaveira
V 378=817 - O meu amigo, que mi gram bem quer, Amigo, João Vasques de Talaveira ou Pedro Amigo de Sevilha
V 379 - Quero-vos ora mui bem conselhar, Amigo, João Vasques de Talaveira
V 380 - Madre, disserom-mi ora que vem, Amigo, Nuno Peres Sandeu
Folio 378V 378=817 - O meu amigo, que mi gram bem quer, Amigo, João Vasques de Talaveira ou Pedro Amigo de Sevilha
V 377 - Vistes vós, amiga, meu amigo, Amigo, João Vasques de Talaveira
V 378=817 - O meu amigo, que mi gram bem quer, Amigo, João Vasques de Talaveira ou Pedro Amigo de Sevilha
V 379 - Quero-vos ora mui bem conselhar, Amigo, João Vasques de Talaveira
V 380 - Madre, disserom-mi ora que vem, Amigo, Nuno Peres Sandeu
Folio 61V 381 - Ai mia madre, sempre vos eu roguei, Amigo, Nuno Peres Sandeu
V 382 - Porque vos quer'eu mui gram bem, Amigo, Nuno Peres Sandeu
V 383 - Deus! por que faz meu amig'outra rem, Amigo, Nuno Peres Sandeu
V 384 - - Ai filha, o que vos bem queria, Amigo, Nuno Peres Sandeu
V 385 - Madre, pois nom posso veer, Amigo, Nuno Peres Sandeu
Folio 61vV 385 - Madre, pois nom posso veer, Amigo, Nuno Peres Sandeu
V 386 - Ai amiga, per bõa fé, Amigo, Mem Vasques de Folhente
V 387 - (Do Port’and’e vou mudar), Espúria, Fernando Eanes
Folio 62V 388 - Jurávades-mi vós, amigo, Amigo, Fernão Froiaz
V 389 - Que trist'anda meu amigo, Amigo, Fernão Froiaz
V 390 - - Amigo, preguntar-vos-ei, Amigo, Fernão Froiaz
V 391 - Porque se foi daqui meu amigo, Amigo, Fernão Froiaz
Folio 62vV 391 - Porque se foi daqui meu amigo, Amigo, Fernão Froiaz
V 392 - Tanto falam do vosso parecer, Amor, Paio Gomes Charinho
V 393 - Muitos dizem com gram coita d'amor, Amor, Paio Gomes Charinho
V 394 - Ũa dona que eu quero gram bem, Amor, Paio Gomes Charinho
Folio 63V 394 - Ũa dona que eu quero gram bem, Amor, Paio Gomes Charinho
V 395 - A dona que home , Amor, Paio Gomes Charinho
V 396 - Senhor fremosa, tam de coraçom, Amor, Paio Gomes Charinho
V 397 - Ora me venh'eu, senhor, espedir, Amor, Paio Gomes Charinho
Folio 63vV 397 - Ora me venh'eu, senhor, espedir, Amor, Paio Gomes Charinho
V 398 - Par Deus, senhor, e meu lume e meu bem, Amor, Paio Gomes Charinho
V 399 - Senhor, sempr'os olhos meus, Amor, Paio Gomes Charinho
V 400 - Oí eu sempre, mia senhor, dizer, Amor, Paio Gomes Charinho
Folio 64V 400 - Oí eu sempre, mia senhor, dizer, Amor, Paio Gomes Charinho
V 401 - As frores do meu amigo, Amigo, Paio Gomes Charinho
V 402 - Par Deus, senhor, de grado queria, Amor, Paio Gomes Charinho
V 403 - Vedes, amigo, [o] que hoj'oí, Amigo, Fernão Velho
Folio 64vV 404 - (Nojo tom’e quer prazer), Espúria, Anónimo - cantigas espúrias
V 405 - - Amigo, que cuidades a fazer, Amigo, Vasco Peres Pardal
V 406 - Coitada sejo no meu coraçom, Amigo, Vasco Peres Pardal
V 407 - - Por Deus, amiga, provad'um dia, Amigo, Vasco Peres Pardal
Folio 65V 407 - - Por Deus, amiga, provad'um dia, Amigo, Vasco Peres Pardal
V 408 - Amigo, vós ides dizer, Amigo, Vasco Peres Pardal
V 409 - Amiga, bem cuid'eu do meu amigo, Amigo, Vasco Peres Pardal
V 410 - (Luis Vaasques, depois que parti), Espúria, Alvaro Afonso
Folio 65vEm branco.
Folio 66vV 414 - Dizia la bem talhada, Amigo, Pedro Anes Solaz
V 415 - Eu velida nom dormia, Amigo, Pedro Anes Solaz
V 416 - Jurava-m'hoje o meu amigo, Amigo, Pedro Anes Solaz
Folio 67V 417 - - Vistes, madr', o escudeiro que m'houvera levar sigo?, Amigo, Pero da Ponte
V 418 - Vistes, madr', o que dizia, Amigo, Pero da Ponte
V 419 - Mia madre, pois se foi daqui, Amigo, Pero da Ponte
Folio 67vV 419 - Mia madre, pois se foi daqui, Amigo, Pero da Ponte
V 420 - Foi-s'o meu amigo daqui, Amigo, Pero da Ponte
V 421 - Pois vos ides daqui, ai meu amigo, Amigo, Pero da Ponte
V 422 - Por Deus, amig', e que será de mi, Amigo, Pero da Ponte
Folio 68V 422 - Por Deus, amig', e que será de mi, Amigo, Pero da Ponte
V 423 - - Ai madr', o que me namorou, Amigo, Pero da Ponte
V 424 - Disserom m'hoj', ai amiga, que nom, Amigo, Paio Gomes Charinho
V 425 - Que muitas vezes eu cuido no bem, Amigo, Paio Gomes Charinho
Folio 68vV 426 - Mia filha, nom hei eu prazer, Amigo, Paio Gomes Charinho
V 427 - - Voss'amigo que vos sempre serviu, Amigo, Paio Gomes Charinho
V 428 - A mia senhor, que por mal destes meus, Amor, Paio Gomes Charinho
V 429 - Ai Santiago, padrom sabido, Amigo, Paio Gomes Charinho
Folio 69V 430 - Vou-m'eu, senhor, e quero-vos leixar, Amor, Paio Gomes Charinho
V 431 - Donas, fezerom ir daqui, Amigo, João Garcia
V 432 - A meu amigo, que eu sempr'amei, Amigo, João Garcia
V 433 - Foste[s]-vos vós, meu amigo, daqui, Amigo, Reimon Gonçalves
Folio 69vV 433 - Foste[s]-vos vós, meu amigo, daqui, Amigo, Reimon Gonçalves
V 434 - - Filha, do voss'amigo m'é gram bem, Amigo, Garcia Soares
V 435 - Madre, se meu amigo veesse, Amigo, Garcia Soares
V 436 - Quanto durou este dia, Amigo, Vasco Rodrigues de Calvelo
Folio 70V 436 - Quanto durou este dia, Amigo, Vasco Rodrigues de Calvelo
V 437 - Roguei-vos eu, madre, há i gram sazom, Amigo, Vasco Rodrigues de Calvelo
V 438 - Sedia-m'eu na ermida de Sam Simion, Amigo, Mendinho
V 439 - Pois mia senhor de mi nom quer pensar, Amor, Afonso Pais de Braga
Folio 70vV 439 - Pois mia senhor de mi nom quer pensar, Amor, Afonso Pais de Braga
V 440 - Ai mia senhor! quer'eu provar, Amor, Afonso Pais de Braga
V 441 - A que eu quero gram bem, des que a vi, Amor, Afonso Pais de Braga
V 442 - Ai mia senhor! sempr'eu a Deus roguei, Amor, Afonso Pais de Braga
Folio 71V 442 - Ai mia senhor! sempr'eu a Deus roguei, Amor, Afonso Pais de Braga
V 443 - Ora entend'eu quanto me dizia, Género incerto, Afonso Pais de Braga
V 444 - Veerom-me meus amigos dizer, Amor, Mem Rodrigues de Briteiros
V 445 - Tal ventura quis Deus a mim, senhor, Amor, João Mendes de Briteiros
V 446 - Senhor, conmigo nom posso eu poer, Amor, João Mendes de Briteiros
Folio 71vV 446 - Senhor, conmigo nom posso eu poer, Amor, João Mendes de Briteiros
V 447 - Eia, senhor, aque-vos mim aqui!, Amor, João Mendes de Briteiros
V 448 - Que pret'esteve de me fazer bem, Amor, João Mendes de Briteiros
V 449 - Estranho mal e estranho pesar, Amor, João Mendes de Briteiros
Folio 72V 449 - Estranho mal e estranho pesar, Amor, João Mendes de Briteiros
V 450 - Amiga, bem [s]ei que nom há, Amigo, João Mendes de Briteiros
V 451 - Deus! que leda que m'esta noite vi, Amigo, João Mendes de Briteiros
V 452 - Ora vej'eu que nom há verdade, Amigo, João Mendes de Briteiros
Folio 72vV 453 - Vistes tal cousa, senhor, que mi avém, Amor, João Mendes de Briteiros
V 454 - Oí hoj'eu ũa pastor cantar, Pastorela, Airas Nunes
V 455 - Porque no mundo mengou a verdade, Sirventês moral, Airas Nunes
Folio 73V 455 - Porque no mundo mengou a verdade, Sirventês moral, Airas Nunes
V 456 - Que muito m'eu pago deste verão, Amor, Airas Nunes
V 457 - Amor faz a mim amar tal senhor, Amor, Airas Nunes
V 458 - A Santiag'em romaria vem, Amigo, Airas Nunes
V 459/460/461 - Vi eu, senhor, vosso bom parecer, Amor, Airas Nunes
Folio 73vV 459/460/461 - Vi eu, senhor, vosso bom parecer, Amor, Airas Nunes
V 462 - Bailemos nós já todas três, ai amigas, Amigo, Airas Nunes
V 463 - Par Deus, coraçom, mal me matades, Amor, Airas Nunes
V 464 - - Bailade hoje, ai filha, que prazer vejades, Amigo, Airas Nunes
Folio 74V 464 - - Bailade hoje, ai filha, que prazer vejades, Amigo, Airas Nunes
V 465 - Nostro Senhor! e por que foi veer, Amor, Airas Nunes
V 466 - Desfiar enviarom ora de Tudela, Escárnio e Maldizer, Airas Nunes
V 467 - Falei noutro dia com mia senhor, Amor, Airas Nunes
V 468 - O meu senhor o bispo, na Redondela, um dia, Escárnio e Maldizer, Airas Nunes
Folio 74vV 468 - O meu senhor o bispo, na Redondela, um dia, Escárnio e Maldizer, Airas Nunes
V 469 - Amor faz a mim amar tal senhor, Amor, Airas Nunes
Folio 75V 470 - Martim Moia, a mia alma se perca, Escárnio e Maldizer, Afonso Gomes, jograr de Sarria
V 471 - Per como achamos na Santa Escritura, Sirventês moral, Martim Moxa
V 472=1036 - - Vós que soedes em corte morar, Tenção, Martim Moxa ou Anónimo
V 473 - Amigos, cuid'eu que Nostro Senhor, Sirventês moral, Martim Moxa
Folio 75vV 473 - Amigos, cuid'eu que Nostro Senhor, Sirventês moral, Martim Moxa
V 474 - Por vós, senhor fremosa, pois vos vi, Amor, Martim Moxa
V 475 - O gram prazer e gram viç'em cuidar, Amor, Martim Moxa
V 476 - Amor, de vós bem me posso loar, Amor, Martim Moxa
Folio 76V 476 - Amor, de vós bem me posso loar, Amor, Martim Moxa
V 477 - Pero mi fez e faz Amor, Amor, Martim Moxa
V 478 - Venho-vos, mia senhor, rogar, Amor, Martim Moxa
V 479 - Atanto querria saber, Amor, Martim Moxa
V 480 - Amor, nom qued'eu amando, Amor, Martim Moxa
Folio 76vV 480 - Amor, nom qued'eu amando, Amor, Martim Moxa
V 481 - Per quant'eu vejo, Sirventês moral, Martim Moxa
Folio 77V 481 - Per quant'eu vejo, Sirventês moral, Martim Moxa
V 482 - Bem poss'Amor e seu mal endurar, Amor, Martim Moxa
V 483 - Que grave coita que m'é [de] dizer, Amor, Martim Moxa
V 484 - Quantas coitas, senhor, sofri, Amor, Rui Fernandes de Santiago
Folio 77vV 484 - Quantas coitas, senhor, sofri, Amor, Rui Fernandes de Santiago
V 485 - Se hom'houvesse de morrer, Amor, Rui Fernandes de Santiago
V 486 - Ora começa o meu mal, Amor, Rui Fernandes de Santiago
Folio 78V 487 - Que mui gram prazer hoj'eu vi, Amor, Rui Fernandes de Santiago
V 488 - Quand'eu vejo las ondas, Amor, Rui Fernandes de Santiago
V 489 - Já eu nom am[o] a quem soía, Amor, Rui Fernandes de Santiago
V 490 - I logo, senhor, que vos vi, Amor, Rui Fernandes de Santiago
Folio 78vV 490 - I logo, senhor, que vos vi, Amor, Rui Fernandes de Santiago
V 491 - Des que eu vi , Amor, Rui Fernandes de Santiago
V 492 - Pero mia senhor nulha rem, Amor, Rui Fernandes de Santiago
V 493 - De gram coita faz gram lezer, Amor, Rui Fernandes de Santiago
V 494 - Quand'eu nom podia veer, Amor, Rui Fernandes de Santiago
Folio 79V 494 - Quand'eu nom podia veer, Amor, Rui Fernandes de Santiago
V 495 - Que doo que agora hei, Amor, Rui Fernandes de Santiago
V 496 - Ora mi o tenham a mal sem, Amor, Rui Fernandes de Santiago
Folio 79vV 497 - A dona que eu quero bem, Amor, Rui Fernandes de Santiago
V 498 - Esta senhor, que ora filhei, Amor, Rui Fernandes de Santiago
V 499 - Pero tant'é meu mal d'amor, Amor, Rui Fernandes de Santiago
Folio 80V 500 - Aqueste mui gram mal d'amor, Amor, Rui Fernandes de Santiago
V 501 - Os meus olhos, que virom mia senhor, Amor, Rui Fernandes de Santiago
V 502 - Em muit'andando, cheguei a logar, Sirventês moral, Martim Moxa
V 503 - Maestr'Acenço, dereito faria, Escárnio e Maldizer, Martim Moxa
Folio 80vV 503 - Maestr'Acenço, dereito faria, Escárnio e Maldizer, Martim Moxa
V 504 - De Martim Moia posfaçam as gentes, Escárnio e Maldizer, Martim
V 505 - Par Deus, coitada vivo, Amigo, Pero Gonçalves de Portocarreiro
V 506 - Meu amigo, quando s'ia, Amigo, Pero Gonçalves de Portocarreiro
Folio 81V 507 - O anel do meu amigo, Amigo, Pero Gonçalves de Portocarreiro
V 508 - Ai meu amigo e meu senhor, Amigo, Pero Gonçalves de Portocarreiro
V 509 - Muitos a que Deus quis dar mui bom sem, Amor, Pero Guterres
V 510 - Todos dizem que Deus nunca pecou, Escárnio e Maldizer, Pero Guterres
Folio 81vV 510 - Todos dizem que Deus nunca pecou, Escárnio e Maldizer, Pero Guterres
V 511 - Senhor, se o outro mundo passar, Amor, Estêvão Peres Froião
V 512 - A vossa mesura, senhor, Amor, Gomes Garcia
V 513 - Diz meu amigo que me serve bem, Amigo, Gomes Garcia
Folio 82V 513 - Diz meu amigo que me serve bem, Amigo, Gomes Garcia
V 514 - Conhosco-me, meu amigo, Amigo, Rui Fernandes de Santiago
V 515 - Se vos nom pesar ende, Amigo, Rui Fernandes de Santiago
V 516 - Id'é meu amigo daqui, Amigo, Rui Fernandes de Santiago
V 517 - - Ai madre, que mui[t'eu err]ei, Amigo, Rui Fernandes de Santiago
Folio 82vV 517 - - Ai madre, que mui[t'eu err]ei, Amigo, Rui Fernandes de Santiago
V 518 - Madre, pois amor hei migo, Amigo, Rui Fernandes de Santiago
V 519 - Ora nom dev'eu preçar parecer, Amigo, Rui Fernandes de Santiago
V 520 - - Madre, quer'hoj eu ir veer, Amigo, Rui Fernandes de Santiago
Folio 83V 521 - Vedes que gram desmesura, Amigo, Paio de Cana
V 522 - Amiga, o voss'amigo, Amigo, Paio de Cana
V 523 - Boa senhor, o que me foi miscrar, Amor, Pero Anes Marinho
Folio 83vV 524 - Amiga, bem sei do meu amigo, Amigo, Sancho Sanches
V 525 - Amiga, do meu amigo, Amigo, Sancho Sanches
V 526 - Ir-vos queredes, amigo, [daqui], Amigo, Sancho Sanches
V 527 - Que mui gram torto mi fez, amiga, Amigo, Sancho Sanches
Folio 84V 528 - Em outro dia em Sam Salvador, Amigo, Sancho Sanches
V 529 - Muit'atendi eu bem da mia senhor, Amor, Sancho Sanches
V 530 - De me preguntar ham sabor, Amor, João Airas de Santiago
V 531 - Tam grave m'é, senhor, que morrerei, Amor, João Airas de Santiago
Folio 84vV 532 - Dizem, senhor, que nom hei eu poder, Amor, João Airas de Santiago
V 533 - Com coitas d'amor, se Deus mi perdom, Amor, João Airas de Santiago
V 534 - Vi eu donas, senhor, em cas d'el-rei, Amor, João Airas de Santiago
V 535 - Nom vi molher, des que naci, Amor, João Airas de Santiago
Folio 85V 536 - Andei, senhor, Leon e Castela, Amor, João Airas de Santiago
V 537 - Pero tal coita hei d'amor, Amor, João Airas de Santiago
V 538 - Ouço dizer dos que nom ham amor, Amor, João Airas de Santiago
V 539 - Maravilho-m'eu, si Deus mi dê bem, Amor, João Airas de Santiago
Folio 85vV 539 - Maravilho-m'eu, si Deus mi dê bem, Amor, João Airas de Santiago
V 540 - Senhor fremosa, hei-vos grand'amor, Amor, João Airas de Santiago
V 541 - Desej'eu bem haver de mia senhor, Amor, João Airas de Santiago
V 542 - Que grave m'est ora de vos fazer, Amor, João Airas de Santiago
Folio 86V 542 - Que grave m'est ora de vos fazer, Amor, João Airas de Santiago
V 543 - Senhor fremosa do bom parecer, Amor, João Airas de Santiago
V 544 - Que de bem mi ora podia fazer, Amor, João Airas de Santiago
V 545 - Nom que[i]ra Deus em conto receber, Amor, João Airas de Santiago
Folio 86vV 545 - Nom que[i]ra Deus em conto receber, Amor, João Airas de Santiago
V 546 - A mia senhor, que me tem em poder, Amor, João Airas de Santiago
V 547 - A por que perço o dormir, Género incerto, João Airas de Santiago
V 548 - Houvi agora de mia prol gram sabor, Amor, João Airas de Santiago
Folio 87V 548 - Houvi agora de mia prol gram sabor, Amor, João Airas de Santiago
V 549 - Algum bem mi deve ced'a fazer, Género incerto, João Airas de Santiago
V 550 - Tôdalas cousas eu vejo partir, Amigo, João Airas de Santiago
V 551 - Dizem-mi a mi quantos amigos hei, Amor, João Airas de Santiago
Folio 87vV 551 - Dizem-mi a mi quantos amigos hei, Amor, João Airas de Santiago
V 552 - A mia senhor, que eu sei muit'amar, Amor, João Airas de Santiago
V 553 - Meu senhor rei de Castela, Escárnio e Maldizer, João Airas de Santiago
V 554 - Pelo souto de Crexente, Pastorela, João Airas de Santiago
Folio 88V 555 - As mias jornadas vedes quaes som, Escárnio e Maldizer, Afonso Anes do Cotom
V 556 - - Pero da Pont', e[m] um vosso cantar, Tenção, Afonso Anes do Cotom, Pero da Ponte
Folio 88vV 558 - A gram dereito lazerei, Amor, Afonso Anes do Cotom ou Airas Engeitado
V 559 - A rem que mi a mi mais valer, Género incerto, Airas Engeitado
V 560 - Tam grave dia vos eu vi, Amor, Airas Engeitado
Folio 89V 560 - Tam grave dia vos eu vi, Amor, Airas Engeitado
V 561 - Nunca tam gram coita sofri, Amor, Airas Engeitado
V 562 - Ai amiga, tenh'eu por de bom sem, Amigo, Rodrigo Anes de Alvares
V 563 - Se vos prouguess', Amor, bem me devia, Amor, Fernão Padrom
Folio 89vV 563 - Se vos prouguess', Amor, bem me devia, Amor, Fernão Padrom
V 564 - Nulh'home nom pode saber, Amor, Fernão Padrom
V 565 - Os meus olhos, que mia senhor, Amor, Fernão Padrom
Folio 90V 565 - Os meus olhos, que mia senhor, Amor, Fernão Padrom
V 566 - Tam muito vos am'eu, senhor, Amor, Pero da Ponte
V 567 - Se eu podesse desamar, Amor, Pero da Ponte
Folio 90vV 568 - Agora me part'eu mui sem meu grado, Amor, Pero da Ponte
V 569 - A mia senhor, que eu mais doutra rem, Amor, Pero da Ponte ou Sancho Sanches
V 570 - Senhor do corpo delgado, Amor, Pero da Ponte
Folio 91V 570 - Senhor do corpo delgado, Amor, Pero da Ponte
V 571 - Pois de mia morte gram sabor havedes, Escárnio e Maldizer, Pero da Ponte
V 572 - O mui bom rei que conquis a fronteira, Cantiga de Loor, Pero da Ponte
V 573 - Nostro Senhor Deus! Que prol vos tem ora, Pranto, Pero da Ponte
Folio 91vV 573 - Nostro Senhor Deus! Que prol vos tem ora, Pranto, Pero da Ponte
V 574 - Que bem se soub'acompanhar, Pranto, Pero da Ponte
V 575 - Ora já nom poss'eu creer, Pranto, Pero da Ponte
Folio 92V 575 - Ora já nom poss'eu creer, Pranto, Pero da Ponte
V 576 - Que mal s'este mundo guisou, Pranto, Pero da Ponte
V 577 - Pois me tanto mal fazedes, Amor, Pero da Ponte
Folio 92vV 578 - O que Valença conquereu, Cantiga de Loor, Pero da Ponte
V 579 - Pouco vos nembra, mia senhor , Amor, Vasco Rodrigues de Calvelo
V 580 - Nom perç'eu coita do meu coraçom, Amor, Vasco Rodrigues de Calvelo
V 581 - Se eu ousass'a Maior Gil dizer, Amor, Vasco Rodrigues de Calvelo
Folio 93V 581 - Se eu ousass'a Maior Gil dizer, Amor, Vasco Rodrigues de Calvelo
V 582 - Vivo coitad'em tal coita d'amor, Amor, Vasco Rodrigues de Calvelo
V 583 - Des quand'eu a mia senhor entendi, Amor, Vasco Rodrigues de Calvelo
V 584 - Por vos veer vim eu, senhor , Amor, Vasco Rodrigues de Calvelo
V 585 - Meus amigos, pese-vos do meu mal , Amor, Vasco Rodrigues de Calvelo
Folio 93vV 585 - Meus amigos, pese-vos do meu mal , Amor, Vasco Rodrigues de Calvelo
V 586 - Porque nom ous'a mia senhor dizer, Amor, Vasco Rodrigues de Calvelo
V 587 - Coitado vivo d'amor, Amor, Vasco Rodrigues de Calvelo
V 588 - Disserom-vos, fremosa mia senhor, Amor, Rui Martins de Ulveira
Folio 94V 589 - Oimais, amiga, quer'eu já falar, Amigo, Rui Martins de Ulveira
V 590 - - Muit'há que diz que morrerá d'amor, Amigo, Rui Martins de Ulveira
V 591 - Ai madr', o meu amigo morr'assi, Amigo, Rui Martins de Ulveira
V 592/593 - Do que sabia nulha rem nom sei, Sirventês moral, Pero Gomes Barroso
Folio 94vV 592/593 - Do que sabia nulha rem nom sei, Sirventês moral, Pero Gomes Barroso
V 594 - Dizem, amigo, que outra senhor, Amigo, João Airas de Santiago
V 595 - O que soía, mia filha, morrer, Amigo, João Airas de Santiago
Folio 95V 595 - O que soía, mia filha, morrer, Amigo, João Airas de Santiago
V 596 - Par Deus, mia madr', o que mi gram bem quer, Amigo, João Airas de Santiago
V 597 - O meu amigo novas sabe já, Amigo, João Airas de Santiago
V 598 - Amigo, quando me levou, Amigo, João Airas de Santiago
Folio 95vV 598 - Amigo, quando me levou, Amigo, João Airas de Santiago
V 599 - Ai mia filha, por Deus, guisade vós, Amigo, João Airas de Santiago
V 601 - Os que dizem que veem bem e mal, Escárnio e Maldizer, João Airas de Santiago
V 600 - O meu amigo nom pod'haver bem, Amigo, João Airas de Santiago
Folio 96V 601 - Os que dizem que veem bem e mal, Escárnio e Maldizer, João Airas de Santiago
V 602 - Meu amigo, vós morredes, Amigo, João Airas de Santiago
V 603 - Entend'eu, amiga, per bõa fé, Amigo, João Airas de Santiago
V 604 - O meu amigo, que xi m'assanhou, Amigo, João Airas de Santiago
Folio 96vV 604 - O meu amigo, que xi m'assanhou, Amigo, João Airas de Santiago
V 605 - O voss'amig'há de vós gram pavor, Amigo, João Airas de Santiago
V 606 - - Meu amigo, quero-vos preguntar, Amigo, João Airas de Santiago
V 607 - Par Deus, amigo, nom sei eu que é, Amigo, João Airas de Santiago
Folio 97V 607 - Par Deus, amigo, nom sei eu que é, Amigo, João Airas de Santiago
V 608 - Par Deus, mia madr', houvestes gram prazer, Amigo, João Airas de Santiago
V 609 - Que mui leda que eu mia madre vi, Amigo, João Airas de Santiago
V 610 - Vai-s', amiga, meu amigo daqui, Amigo, João Airas de Santiago
Folio 97vV 611 - Queixos'andades, amigo, d'amor, Amigo, João Airas de Santiago
V 612 - A meu amigo mandad'enviei, Amigo, João Airas de Santiago
V 613=639 - Queredes ir, meu amigo, eu o sei, Amigo, João Airas de Santiago
V 614 - Diz meu amigo tanto bem de mi, Amigo, João Airas de Santiago
Folio 98V 614 - Diz meu amigo tanto bem de mi, Amigo, João Airas de Santiago
V 615 - - Ai mia filha, de vós saber quer'eu, Amigo, João Airas de Santiago
V 616 - Quand'eu fui um dia vosco falar, Amigo, João Airas de Santiago
V 617 - Amigo, veestes-m'um di'aqui, Amigo, João Airas de Santiago
Folio 98vV 617 - Amigo, veestes-m'um di'aqui, Amigo, João Airas de Santiago
V 618 - Nom vos sabedes, amigo, guardar, Amigo, João Airas de Santiago
V 619 - Nom hei eu poder do meu amigo, Amigo, João Airas de Santiago
V 620 - Mia madre, pois [a]tal é vosso sem, Amigo, João Airas de Santiago
Folio 99V 620 - Mia madre, pois [a]tal é vosso sem, Amigo, João Airas de Santiago
V 621 - Diz meu amigo que, u nom jaz al, Amigo, João Airas de Santiago
V 622 - Voss'amigo quer-vos sas dõas dar, Amigo, João Airas de Santiago
V 623 - O meu amigo, forçado d'amor, Amigo, João Airas de Santiago
Folio 99vV 623 - O meu amigo, forçado d'amor, Amigo, João Airas de Santiago
V 624 - Quer meu amigo de mi um preito, Amigo, João Airas de Santiago
V 625 - Diz, amiga, o que mi gram bem quer, Amigo, João Airas de Santiago
Folio 100V 626 - Que mui de grad'eu faria, Amigo, João Airas de Santiago
V 627 - Vedes, amigo, ond'hei gram pesar:, Amigo, João Airas de Santiago
V 628 - Morreredes, se vos nom fezer bem, Amigo, João Airas de Santiago
V 629 - Alguém vos diss', amig', e sei-o eu, Amigo, João Airas de Santiago
Folio 100vV 629 - Alguém vos diss', amig', e sei-o eu, Amigo, João Airas de Santiago
V 630 - Amigas, o que mi quer bem, Amigo, João Airas de Santiago
V 631 - - O voss'amigo que s'a cas d'el-rei, Amigo, João Airas de Santiago
V 632 - Vai meu amigo com el-rei morar, Amigo, João Airas de Santiago

 

Folios:  início - 100  |  101 - 200


[^ topo]