Mendinho
Jogral medieval


Nacionalidade: Galega

Notas biográficas:

Nada sabemos sobre esta autor, que terá sido um jogral galego, a julgar pela sua única composição conservada, onde canta a ermida de S. Simón, muito possivelmente na pequena ilha homónima da ria da Vigo. Sendo muito difícil localizar uma figura de que apenas temos um nome, os investigadores da Lírica Profana avançam, no entanto, algumas hipóteses e sugestões (desde os homónimos portugueses referidos por Resende de Oliveira1, até a topónimos galegos, como Mendo, lugar da paróquia de Teis, ou a medieval rua dos Meendinhos, em Pontevedra)2.


Referências

1 Oliveira, António Resende de (1994), Depois do espectáculo trovadoresco. A estrutura dos cancioneiros peninsulares e as recolhas dos séculos XIII e XIV, Lisboa, Edições Colibri, p. 392.

2 Vários (1998), Cantigas do mar de Vigo, Santiago de Compostela, Xunta de Galicia, pp. 19-23.

Ler todas as cantigas (por ordem dos cancioneiros)


Cantigas (por ordem alfabética):


Sedia-m'eu na ermida de Sam Simion
Cantiga de Amigo